Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Cinema » POLÊMICA

Diretores de Vingadores: Ultimato respondem comentários de Martin Scorsese: "Você não é dono do cinema"

Anthony e Joe Russo, dirigiram o último filme dos heróis, que estreou em abril deste ano

Redação Publicado em 18/11/2019, às 10h33

Diretores de Vingadores, Joe e Anthony Russo, responderam aos comentários de Martin Scorsese sobre os filmes da Marvel
Diretores de Vingadores, Joe e Anthony Russo, responderam aos comentários de Martin Scorsese sobre os filmes da Marvel - Instagram

Após fazer diversos comentários sobre os filmes da Marvel, incluindo que não são cinema e que transformam as salas de cinema em parques de diversões, o diretor Martin Scorsese, de O Irlandês, que estreia no dia 27 de novembro da Netflix, foi rechaçado por diversas pessoas, incluindo as atrizes Viola Davis, Natalie Portman e Scarlett Johansson, os diretores James Gunn e Jon Favreau, o presidente da Disney, Robert Iger, e o presidente do Marvel Studios, Kevin Feige.

Agora foi a vez de Anthony e Joe Russo, que dirigiram Vingadores: Ultimato, pronunciarem-se sobre os comentários. Em entrevista ao The Hollywood Reporter, durante uma coletiva de imprensa sobre o novo filme produzido pela dupla, Crime Sem Saída, Anthony disse: "Ninguém é dono do cinema. Nós não somos donos do cinema. Você não é dono do cinema. Scorsese não é o dono do cinema".

+ Leia mais: Comentários de Martin Scorsese sobre a Marvel podem complicar chances de seu novo filme no Oscar

Joe Russo complementou o comentário dando ênfase à bilheteria do filme, que superou Avatar, filme de James Cameron de 2009, e se tornou a maior bilheteria do cinema mundial: "Quando vemos a bilheteria de Vingadores: Ultimato, nós não a vemos como um símbolo de sucesso financeiro, mas como um símbolo de sucesso emocional", disse.

Joe ainda mencionou um artigo escrito por Scorsese para o The New York Times, onde o diretor declarou: "Para mim, para os cineastas que eu aprendi a amar e respeitar, para os meus amigos que começaram a fazer filmes próximo a quando eu comecei, cinema era sobre revelação estética, emocional e espiritural. Era sobre os personagens, a complexidade das pessoas e suas naturezas contraditórias e, algumas vezes, paradoxais, a forma como elas podem se machucar e se amar".

+ Leia mais: Scarlett Johansson chama comentário de Martin Scorsese sobre filmes da Marvel de antiquado

Ironicamente, o diretor respondeu: "No final das contas, o que nós sabemos? Nós somos só dois caras de Cleveland, Ohio, e 'cinema' é uma palavra de Nova York. Em Cleveland, nós só os chamamos de filmes".

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!