Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaInstagram Exitoína
Cinema » FILMES

Fusão entre Fox e Disney promete reboot das franquias de 'X-Men' e 'Quarteto Fantástico'

Filmes já gravados podem ter estreias adiadas no cinema

Redação Digital Publicado em 21/03/2019, às 16h22 - Atualizado em 25/03/2019, às 15h11

Jennifer Lawrence como Mística em cena de 'X-Men: Dias de um Futuro Esquecido' (2014).
Divulgação/Fox

A compra da Fox pela Disney pode retardar em alguns anos a estreia de alguns dos filmes de super-heróis da empresa nas telonas. Isso se deve a um possível reboot - ou um reinício - nas histórias das personagens, em especial dosX-Men. A informação é da revista americana Hollywood Reporter. 

Com a fusão das empresas, a Disney recebeu as propriedades da Marvel que estavam sob o chapéu da Fox no cinema, como X-MenDeadpool e o Quarteto Fantástico.

A única das franquias que não deve sofrer mudanças é Deadpool, de Ryan Reynolds. Pouco tempo antes da oficialização da migração do herói para a Disney, na terça-feira (19), o ator, sempre bem-humorado, twittou uma foto de seu personagem em um ônibus escolar, com as orelhas do Mickey Mouse. "Parece o primeiro dia de 'Pool'", escreveu na legenda.

 X-Men: Fênix Negra, um dos dois projetos com personagens que fazem parte da aquisição, também escapa, e vai ser lançado antes da grande mudança de elenco, na data que já estava previsto, 6 de junho no Brasil. 

Já para um outro projeto envolvendo personagens de X-Men na Fox, Novos Mutantes, de Josh Boone, porém, ainda não foi decidido se a estreia será mesmo no cinema ou no novo serviço de streaming Disney+.

Um novo filme de Quarteto Fantástico está previsto para ser lançado só após 2021. O Hollywood Reporter confirmou que devem haver alterações no contexto da história sob o comando da Marvel Studios, que pode vir a juntar os personagens que estavam com a Fox com os da franquia Vingadores