Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Cinema » HONRARIA

Há um ano, "Parasita" fazia história no Oscar ao alcançar feito inédito

Longa de Bong Joon-ho foi o primeiro em língua não-inglesa a vencer a categoria de "Melhor Filme"

Redação Publicado em 10/02/2021, às 09h30

"Parasita", de Bong Joon-ho, fez história na 92ª cerimônia de entrega do Oscar
"Parasita", de Bong Joon-ho, fez história na 92ª cerimônia de entrega do Oscar - Divulgação

Nas primeiras horas de 10 de fevereiro de 2020, "Parasita", longa dirigido pelo cineasta sulcoreano Bong Joon-ho, entrava definitivamente para a história do cinema ao barrar produções como "O Irlandês", de Martin Scorsese; "Era Uma Vez em... Hollywoood", de Quentin Tarantino; e "Coringa", de Todd Phillips, que havia recebido 11 indicações; e levou a categoria de "Melhor Filme" na 92ª cerimônia de entrega dos prêmios do Oscar.

Em quase 100 anos de existência, essa foi a primeira vez que a principal categoria da premiação, organizada pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, foi conquistada por um filme em língua não-inglesa.

+ Leia também: "Malcolm & Marie", "A Mulher na Janela", "Red Notice" e mais filmes da Netflix para não perder de vista em 2021

"Eu estou sem palavras", declarou a produtora do longa Kwak Sin Ae ao receber o prêmio das mãos da atriz Jane Fonda sob fortes aplausos da plateia. "Nós nunca imaginamos que isso aconteceria, estamos muito felizes. Eu sinto que um momento muito oportuno na História está acontecendo agora. Eu expresso minha mais profunda gratidão e meu respeito por todos os membros da Academia por tomarem essa decisão. Obrigado".

Em seguida, foi a vez da atriz Lee Jeong-eun tomar o microfone para agradecer: "Eu realmente gostaria de agradecer ao diretor Bong. Obrigado. Obrigado por ser você. Eu gosto de tudo sobre ele, do seu sorriso, do seu cabelo maluco, do jeito que fala, do jeito que anda e, especialmente, do jeito que dirige. Mas o que eu realmente gosto sobre ele é do seu senso de humor e o fato de que ele pode fazer piada de si mesmo e nunca se levar a sério. Obrigado. Muito obrigado".

+ Leia também: Wakanda será tema de nova série no Disney+. Quais outras produções estão no futuro da Marvel?

"E eu gostaria de agradecer todos que têm apoiado 'Parasita', trabalhado com 'Parasita' e amado 'Parasita'. Eu gostaria de agradecer ao meu irmão, que tem nos apoiado em construir nosso sonho, mesmo quando parecia um sonho impossível", continuou a atriz. "E, especialmente, eu gostaria de agradecer muito o nosso público coreano, que tem sido muito apoiador de todos os nossos filmes e nunca hesitou sobre dar as suas opiniões sobre o que acham de todos os nossos filmes, o que nos fizeram nunca nos acomodar e continuar nos testando". Relembre o momento:

+ Leia também: Pietro Maximoff levará os mutantes de "X-Men" para o Universo Marvel em "WandaVision"?

"Parasita" conta a história de uma família desempregada e vivendo em um porão, sob as piores condições possíveis. Por sorte, um amigo acaba viajando para fora do país e indica o filho para ensinar inglês a uma garota de uma família rica. Espertos, a família pobre começa a se infiltrar na casa da família rica, em diversos empregos. No entanto, a situação, que até então parecia inabalável, torna-se problemática quando eles descobrem um segredo enterrado em meio ao luxo dos patrões.

O longa foi dirigido por Bong Joon-ho, de "Okja" e "Expresso do Amanhã", e venceu quatro das seis categorias a que foi indicado no Oscar 2020: "Melhor Filme", "Melhor Diretor", "Melhor Filme Internacional", "Melhor Roteiro Original". Também concorreu nas categorias "Melhor Montagem" e "Melhor Design de Produção".

 


Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!