Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Cinema » ALERTA

Rede de cinemas dos Estados Unidos proíbe fãs fantasiados de Coringa nas sessões do filme

Mais de 50 cinemas tomaram a decisão de proibir o uso de qualquer tipo de fantasia nas sessões

Redação Publicado em 27/09/2019, às 10h23

Joaquim Phoenix em seu papel
Joaquim Phoenix em seu papel - Divulgação/Warner Bros Pictures

Faltando uma semana para a estreia de Coringa , do diretor Todd Phillips, nos cinemas, as polêmicas sobre o filme não param. Com receio de ataques nas sessões do filme, o exército americano recebeu orientações para estarem alertas para qualquer movimentação suspeita. 

Agora, duas das principais redes de cinema dos Estados Unidos, tomaram algumas precauções para evitar qualquer incidente durante as sessões. 

++ Análise: O problema de Coringa é que nós estamos em Gotham

A Landmark Theatres resolveu proibir que fãs compareçam fantasiados de palhaços nas sessões. Também não será permitida a entrada usando pinturas faciais ou "qualquer objeto que esconda o rosto".

Já era uma regra a proibição de máscaras e armas de brinquedo, mas a rede decidiu ser mais rígida nas sessões do novo filme da DC. 

A AMC Theaters também decidiu aderir a medida, mas não proibiu o uso de fantasias. 

De acordo com a equipe da AMC, outra proibição definitiva é a de armas de brinquedos ou outros objetivos que "possam fazer os outros espectadores se sentirem desconfortáveis".

++ Diretor Todd Phillips rebate críticas ao filme Coringa: "A indignação é uma mercadoria"

O presidente da Landmark explicou a restrição. "Queremos que os clientes fiquem confortáveis com os arredores", disse. A decisão afetará mais de 50 cinemas americanos e nenhum tipo de fantasia será aceito.

No entanto, a Regal, outra importante rede de cinemas nos Estados Unidos, decidiu ir na contramão e rejeitou a ideia de que Coringa possa inspirar ataques violentos. "Não acreditamos que o conteúdo ou a existência de um filme possa ser causa ou sinal de violência", disseram ao TMZ.

Os representantes da empresa frisaram que estão sempre em contato com policiais e os serviços de emergência, para o caso de algum incidente em uma das sessões.

As polêmicas em torno da produção, protagonizada por Joaquin Poenix, começaram ainda durante o Festival de Veneza, por conta de uma suspota romantização do personagem do Coringa, levantando temores de que ele poderia inspirar ataques violentos de pessoas propensas à violência, como os exemplos citados pelo FBI em um memorando interno sobre o filme.

Coringa chega aos cinemas brasileiros no próximo dia 3 de outubro.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!