Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Cinema » INFERNAL

Saiba o que muda no novo filme do Hellboy, que estreia esta semana

O reboot estrelado por David Harbour chega aos cinemas brasileiros no dia 16 de maio

Júlia Andrade Publicado em 12/05/2019, às 09h01 - Atualizado em 23/07/2019, às 19h02

'Hellboy'
'Hellboy' - Divulgação

O super-herói dos infernos estará de volta aos cinemas nesta semana. Como um reboot do primeiro filme e como terceira produção cinematográfica baseada no monstro que luta pelos humanos, importado dos quadrinhos, criado por Mike Mignola, Hellboy vem cheio de mudanças, quando comparado aos longas anteriores.

A base da história é a criatura demoníaca, invocada do inferno por um feiticeiro, contratado por um grupo de nazistas para destruir o mundo. No entanto, ele é cuidado pelo Professor Trevor Bruttenholm, que presenciou seu surgimento e vira uma espécie de pai, e acaba seguindo como agente da divisão secreta de Bruttenholm, se aliando às pessoas na batalha contra ameaças monstruosas à humanidade. 

Hellboy é um personagem assustador, mas de coração gigante. Saiba o que tem de diferente na nova versão cinematográfica, que estreia no Brasil nesta quinta-feira (16):

Narrativa

Agora o foco da história é o ressurgimento da vilã Rainha de Sangue, que ressucita para invovcar o mal, além do paradoxo do semi-demônio, que vive preso entre o mundo sobrenatural e humano.

Hellboy é convocado para enfrentá-la em defesa da humanidade, mas o Vermelhão precisa controlar seu poder de destruição para o confronto não resultar no fim do mundo, justo o que ele luta contra.

No filme anterior, Hellboy II: O Exército Dourado (2008), o inimigo do protagonista era o Príncipe Nuada, do submundo, que tem o plano de recuperar a Terra e acabar com a humanidade. Ele só pode ser detido pelo herói demoníaco, que enfrenta essa batalha.

 Nimue - Rainha de Sangue

Com sua primeira aparição no cinema, a bruxa britânica, vinda dos quadrinhos, foi uma das mais poderosas do reinado do Rei Arthur. Antes, amante do mago Merlin, ela sugou os poderes dele e enlouqueceu depois de aprisioná-lo. Com isso, sendo odiada pelas outras feiticeiras, foi morta e esquartejada por elas, tendo suas partes do corpo espalhadas pela Terra.

Essas partes foram juntadas em um caixote e ela é ressucitada pela criatura Gruagach, que aceita a oferta do demônio Astaroth, de lhe dar todo o sangue de um vilarejo para despertar a, então denominada, Rainha de Sangue, que retorna para causar mais detruição e combatê-la vira a missão de Hellboy.

 

Elenco
Ron Perlman deixa de ser Hellboy, depois de dois filmes, e passa o bastão de protagonista para David Harbour (Stranger Things). John Hurt não é mais o Professor Broom, pai adotivo do herói dos infernos, que agora é vivido por Ian McShane. Milla Jovovich surge como a feiticeira Nimue, a Rainha Sangrenta, grande vilã desse filme.

E a direção, antes por conta de Guilherme Del Toro, passou a ser responsabilidade de Neil Marshall, que dirigiu a segunda e quarta temporadas de Game of Thrones, a primeira temporada de Westworld e alguns filmes de terror como Abismo do Medo e Juízo Final.

Gênero


Os trailers mostram que o filme é bem mais voltado para o terror, com uma narrativa mais sinistra, com cenas mais violentas e sangrentas do que os anteriores, apesar de toques de humor.

A Motion Picture Association of America classificou a produção por “violência sangrenta, violência por toda parte e linguagem”, indicando que realmente é o que aparece no teaser.

David Harbour disse, em entrevista ao Joblo, que Hellboy está mais sombrio, mais musculoso e mais intenso.

Classificaçao indicativa


Por conta do foco mais sombrio e violento, o longa foi classificado para maiores de 18 anos, diferente dos antecessores que tinham 14 anos como idade mínima indicada.

Crítica

O filme não fui muito aprovado pelos críticos até agora. Em abril, a Rotten Tomatoes liberou a parcial de avaliações, que mostrou que a produção chegou ao site com apenas 9% de aprovação, com uma nota média de 4/10, baseada em 33 avaliações.

O longa estreou dia 12 de abril nos Estados Unidos e foi massacrado por muito veículos, como o NY Post, que disse ser grotesco, imbecil e nojento, o IGN, que disse não ter nenhum charme e falha na tentativa de reiniciar o universo, e o Den of Geek, que disse ser um filme barulhento e sem alma.

++ Socorro! 'IT: A Coisa 2' ganha um trailer assustador; vem ver

Vamos poder fazer as nossas próprias avaliações ainda esta semana: Hellboy estreia dia 16 de maio nos cinemas

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!