Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Coronavírus » POLÊMICA

Blogueiras brasileiras furam a quarentena, fazem festa e são detonadas na web

Gabriela Pugliesi, que hospedou o encontro, foi uma das primeiras vítimas do novo coronavírus no Brasil

Redação Publicado em 26/04/2020, às 16h48

Gabriela Pugliesi, Mari Saad e Barbara Brunca dão festa em meio à quarentena por coronavírus
Gabriela Pugliesi, Mari Saad e Barbara Brunca dão festa em meio à quarentena por coronavírus - Instagram

Mesmo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) de manter o isolamento social, evitar reuniões e aglomerações para ajudar no controle da pandemia mundial de coronavírus, já são mais de 61.888 casos de pessoas contaminadas confirmados de 4.205 mortes no Brasil até este domingo (26).

+ Leia mais: Gabriela Pugliesi, Preta Gil, Fernanda Paes Leme e outros famosos contaminados pelo novo coronavírus

Ainda assim, a influencer digital Gabriela Pugliesi, uma das primeiras vítimas famosas da COVID-19, doença provocada pelo novo vírus, promoveu uma festa em sua casa, em São Paulo, e convidou algumas amigas, como as também influencers Mari Saad e Barbara Brunca. A reunião, como era de se esperar, foi condenada na Internet e até famosos manifestaram a desaprovação frente à atitude tomadas pelas blogueiras.



Publicações no Instagram das influencers mostram as amigas reunidas na festa, comendo hambúrguer e bebendo drinks. Em um deles, Pugliesi segura um copo e, para a câmera, diz: "F*da-se a vida". Assista:

+ Leia mais: Carro funerário altera caminho para idosa se despedir do filho morto por coronavírus

Na manhã deste domingo (26), após a chuva de críticas, a influencer foi até o Instagram novamente e publicou um pedido de desculpas, declarando estar arrependida e ter aprendido com o seu erro: "Ontem eu juntei meia dúzia de amigos aqui em casa, a gente pediu comida, a gente bebeu. Eu me passei, postei, falei besteira. Enfim, eu estou extremamente arrependida, estou mal comigo mesma. Fui imatura e, mais uma vez, eu queria pedir desculpas".

"Eu errei porque não é para juntar gente em casa, porque eu sei que tem pessoas passando dificuldade, porque é ofensivo, porque não ajuda ninguém nesse momento. A quarentena está difícil para mim, mas eu sei que tá muito mais difícil para outros pessoas e eu, que me proponho sempre a falar como a vida pode ser maravilhosa, eu tenho que ter responsabilidade sobre o que eu faço, sobre o que eu falo, sobre o que eu posto", ainda disse. Assista:

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

To super arrependida, e que sirva de aprendizado 🙏

Uma publicação compartilhada por Gabriela Pugliesi (@gabrielapugliesi) em

 

+ Leia mais: Homem com síndrome de Down morre de coronavírus nove dias após a mãe, que sempre cuidou dele

As desculpas, no entanto, não colaram. Uma das pessoas que criticou a blogueira foi a atriz e humorista Tatá Werneck, que comentou na publicação, antes da influencer impedir comentários no vídeos: "Gabriela, você vai me achar uma babaca depois desse comentário, mas eu acho menos importante isso do que alertar as pessoas. Estão pedindo caminhão pros hospitais, porque tá um caos", disse.

"Minha prima médica (que pegou [a doença]) chega chorando em casa, porque eles já têm que escolher quem salvar. Você já teve. Está teoricamente 'imune'. Eu acho que essa atitude, ainda mais para um de gente que te segue e se inspira na sua vida saudável, foi inadmissível", continuou Tatá.

+ Leia mais: Casal com coronavírus é colocado junto na UTI para celebrar 50 anos de casamento

Em outro comentário, a atriz censorou a influencer ainda mais: "Essa sensação de 'ufa, já me livrei' não pode te deixar tomar atitudes irresponsáveis. Você é saudável demais, por isso foi fácil para você, mas tem jovem saudável morrendo. Se ainda tiver um sendo irresponsável, não sairemos dessa crise! Então, eu abro mão de você gostar de mim para você entender que, nesse momento, não é permitido incentivar aglomeração. Não adianta falar do presidente e fazer o mesmo em casa".

Tatá Werneck critica atitude de Gabriela Pugliesi ao dar festa em meio à quarentena (Instagram)

 

+ Leia mais: Refugiados sírios doam marmitas para idosos durante a quarentena contra a pandemia

Em seu pedido de desculpas, a blogueira Mari Saad disse ter desrespeitado o "feeling" dela e "fraquejado" ao furar a quarentena: "Quando eu estava saindo de casa ontem, eu já sabia que estava fazendo uma coisa errada. Fraquejei e furei a quarentena ontem", declarou.

+ Leia mais: Comediante homenageia avó morta por coronavírus pagando os aluguéis de todos no prédio onde ela vivia

Barbara Brunca, ao contrário das amigas, não pareceu tão arrependida: "A gente está tomando todos os cuidados necessários e eu não aguento mais hipocrisia sobre esse assunto", declarou a blogueira na sua rede social. "Você não encontra uma pessoa ou outra? Você não vai trabalhar? Não vai fazer uma coisa ou outra? Se você não faz absolutamente nada, você tem moral para falar comigo. Agora, se você faz, se você sai de casa para comprar pão, você não tem moral para falar comigo".

+ Leia mais: Idosa de 90 anos morre por coronavírus após recusar respirador: "Já tive uma boa vida, guarde para os mais jovens"

O comediante Victor Sarro também não gostou da atitude das blogueiras e fez um longo comentário criticando a reunião: "Chegou no Brasil, estava em uma festa onde muita gente pegou COVID, ficou mal! E agora fala: 'f*da-se a vida'? Milhares de pessoas sendo enterradas em valas comuns! Milhares de pessoas sem poder se despedir dos parentes? Eu vendo minha mulher médica correndo o risco de ser contaminada por todo está na linha de frente combatendo o vírus! Irresponsável, irresponsável demais!"

Victor Sarro critica a reunião de Gabriela Pugliesi e amigas (Instagram)

 

 


 

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!