Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Coronavírus » CRIME

Religioso é preso após decapitar homem como "sacrifício" pelo fim da pandemia

Caso aconteceu na região oeste da Índia

Redação Publicado em 01/06/2020, às 10h12 - Atualizado às 11h01

Crime aconteceu em templo indiano
Crime aconteceu em templo indiano - Pixabay

Um sacerdote hindu foi preso no estado de Odisha, Índia, após decapitar um homem e oferecê-lo como "sacrifício pelo fim da pandemia do coronavírus". O crime aconteceu na última semana, no templo de Brahmani Devi, segundo o Gulf News.

De acordo com as autoridades, Sansari Ojha, de 72 anos, estava sob efeito de álcool e drogas quando decapitou Saroj Kumar Pradhan, de 52, para agradar a uma deusa hindu.

Alguns momentos antes do crime acontecer, os dois tiveram uma longa discussão sobre comida, o que pode ter contribuído para o desfecho violento da situação.

+Leia mais: Homem morre por suposta picada de vespa asiática "assassina"

O detetive Ashish Kumar Singh comentou que, pela versão do sacerdote, a deusa lhe apareceu num sonho solicitando que ele sacrificasse uma vida humana para que o mundo pudesse se livrar do coronavírus.

A polícia, no entanto, não acredita que a motivação do sacerdote tenha sido religiosa. Até o momento, a Índia já registrou 167,4 mil casos de Covid-19, com quase 5 mil mortes.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!