Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Famosos » PASSADO TRISTE

Charlize Theron relembra noite em que seu pai alcoólatra foi morto por sua mãe: "Não tenho vergonha de falar sobre isso"

A atriz disse que é importante falar sobre casos de violência familiar e que sua mãe agiu em legítima defesa

Redação Publicado em 17/12/2019, às 09h52 - Atualizado às 10h50

Charlize Theron no trailer de O Escândalo
Charlize Theron no trailer de O Escândalo - Reprodução/YouTube

A atriz Charlize Theron, estrela do filme O Escândalo, falou abertamente sobre temas delicados de sua vida pessoal em recente entrevista, como o assédio sexual sofrido em sua carreira e seu pai alcoólatra, que foi morto por sua mãe após ter atirado contra as duas em uma noite. 

Ela disse que não conhecia o pai sóbrio. "Era uma situação sem esperança, nossa família estava presa naquilo", contou ao site NPR. "Eu acho que nossa família era incrivelmente tóxica. E tudo isso nos deixou marcados de certa forma, acho. Claro, eu gostaria que o que aconteceu naquela noite nunca tivesse acontecido. Infelizmente, é o que acontece quando você não chega à raiz desses problemas."

Ela narrou então suas lembranças sobre a noite em que ele foi assassinado por sua mãe em legítima defesa. Charlize conta que ele estava armado e "tão bêbado que não conseguia andar" quando tentou invadir o quarto onde ela estava com sua mãe, Gerda. "Nós duas estávamos encostadas na porta para que ele não conseguisse entrar, então ele deu um passo para trás e atirou contra a porta três vezes", disse. "Nenhuma bala nos atingiu, o que é apenas um milagre. Mas, em legítima defesa, ela acabou com a ameaça."

+ Leia mais: Nicole Kidman denuncia assédio em trailer internacional de O Escândalo

A atriz disse que sabe que muitas pessoas passaram pelo mesmo problema. "Eu não tenho vergonha de falar sobre isso. Acho que quanto mais falarmos sobre essas coisas, mais perceberemos que não estamos sozinhos", concluiu. 

Ela também falou sobre o assédio sexual sofrido aos 19 anos, quando um diretor a chamou para uma suposta audição em sua casa e a recebeu bebendo, chegando a tocar suas pernas. "Nem sempre é um assédio físico, nem sempre é um estupro", disse. "Sempre há danos psicológicos que acontecem às mulheres no cotidiano, casualidades na linguagem, no toque ou ameaças - ameaça de perder o emprego. Essas são situações que enfrentei."

O Escândalo, filme estrelado por Nicole Kidman, Charlize Theron e Margot Robbie, retrata um caso abuso sexual e má conduta dentro do ambiente profissional da Fox News. O filme estreia no Brasil em 30 de janeiro de 2020.

+ Leia mais: Charlize Theron revela ter sofrido abuso sexual no inicio da sua carreira: "Eu me culpei muito"

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!