Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Famosos » omg

Confira as reações dos famosos à polêmica de Taylor Swift com o empresário Scooter Braun

Artistas como Demi Lovato, Todrick Hall e Justin Bieber falaram sobre o assunto

Redação Digital Publicado em 01/07/2019, às 10h13 - Atualizado às 13h33

Dami Lovato, Justin Bieber e Taylor Swift
Dami Lovato, Justin Bieber e Taylor Swift - Reprodução Instagram

Com o as redes sociais sendo apenas com #WeStandWithTaylor neste domingo (30), toda a polêmica envolvendo a cantora Taylor Swift chamou a atenção de outros famosos. 

Tudo começou após o empresário Scooter Braun comprar por completo a gravadora Big Machine Label Group, que tem direito de todos os álbuns de Taylor, apenas com a exceção de seu próximo, o Lover, que será lançado pela Universal Records em agosto deste ano. 

Grandes nomes da cultura pop usaram desse acontecimento para defender a cantora, ou apoiar o empresário. Confira o que algum deles falaram sobre:

O cantor, dançarino e produtor executivo de You Need to Calm Down, Todrick Hall falou em seu Twitter e repostou em seu Instagram: “Para quem está me perguntando, eu deixei Scooter Braun a um tempo atrás".

"Fiquei muito triste com essas notícias, mas não surpreso. Ele é uma pessoa má que só está preocupado com sua riqueza e alimentar seu ego nojento. Eu acredito que ele seja homofóbico e eu sei que ele não é um fã Swift, segundo o próprio", revela. 

Esse post fisgou a atenção de Demi Lovato que comentou: "Ei, eu não conheço você e isso não é hate, mas fazer alegações de que alguém é homofóbico é algo realmente sério. Por favor, não espalhe informações que não são verdade, porque eu posso garantir que o Scooter não é.

"Como membro da comunidade LGBTQ + eu mesma, ele não teria me contratado se ele fosse homofóbico. Não é ódio, estou apenas tentando esclarecer isso", ela conclui. 

A cantora já logo foi ao seu story do Instagram e fez uma série de posts defendendo ainda mais o empresário. Lá, ela escreve: "Eu tenho lidado com muitas pessoas ruins nesta indústria, mas o Scooter não é um deles. Ele é um bom homem (...) Por favor, pare de "arrastar" as pessoas ou fazer ele sofrer bullying. Já tem ódio o suficiente neste mundo".

E continuou: "Vocês podem vir atrás de mim o quanto quiserem, mas eu sempre serei leal à minha equipe. Eu valorizo a lealdade mais do que a maioria das pessoas neste mundo e se meu nome vai ser colocado em conversas eu vou me defender, assim como defendo eles”. 

Seu posicionamento não alegrou quase ninguém, nem mesmo seus fãs, que criticaram suas atitudes quanto a este assunto.

Justin Bieber decidiu se desculpar pela postagem que havia feito, e então postou uma foto com Taylor Swift e seu texto de “perdão”, mas continuando seu apoio a Scooter Braun.

"Taylor, primeiro de tudo, gostaria de pedir desculpas por fazer aquela postagem maldosa no Instagram. Na hora pensei que era engraçado, mas olhando para trás foi maldoso e insensível", disse. "Scooter lhe protegeu desde o dia em que você, generosamente, me deixou abrir seus shows", defendeu. 

"Então, você trazer isso à tona nas redes sociais e fazer com que as pessoas o odeiem, não é justo. O que você estava tentando fazer postando este texto? Parece que isso tudo foi para obter simpatia e uma maneira de fazer com que os seus fãs ataquem Scooter", opinou Bieber. 

"Nem Scooter, nem eu temos algo negativo a dizer sobre você, nós realmente queremos o melhor para você", finalizou. 

++Taylor Swift repudia a venda de seu catálogo de músicas para empresário de Justin Bieber: 'Enojada'

Cara Delevingne, Halsey, Iggy Azalea e Alessia Cara se posicionaram contra o empresário nas redes sociais e Britney Spears, Miley Cyrus, Nicki Minaj, Katy Perry, Billie Eilish e Rihanna deram unfollow em Scooter Braun.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!