Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Famosos » 5 acusações

Ex-agente de Stan Lee é preso por abuso de idoso

Keya Morgan foi preso após ter recebido mais de cinco acusações, as quais dizem que ele roubou de Stan Lee

Redação Digital Publicado em 27/05/2019, às 09h28 - Atualizado às 09h28

Stan Lee almoçando com Keya Morgan.
Stan Lee almoçando com Keya Morgan. - Reprodução/Twitter

Keya Morgan, o ex-agente de Stan Lee, foi preso na manhã de sábado (25) após ter seu mandado de prisão decretado por abuso de idoso contra o ícone dos quadrinhos. A informação é do Departamento Policial de Los Angeles.

Morgan está em custódia do estado do Arizona e será encaminhado para Los Angeles para lidar com as acusações. A fiança está em torno de US$300 mil.

De acordo com as autoridades, Stan Lee foi "vítima de abuso segundo uma investigação que começou em março de 2018". Morgan "usou seu controle e influência para extorquir" o ícone dos quadrinhos. 

A polícia notou uma quantia de US$262 mil que Morgan recebeu por uma sessão de autográfos com Stan Lee mas que nunca foi repassada para Stan ou sua família.

Em junho de 2018, Morgan "tirou Lee de sua casa em Hollywood Hills e o levou para um condomínio em Beverly Hills", onde "Morgan podia controlar mais Stan Lee", de acordo com a polícia de Los Angeles. O departamento de polícia removeu Stan Lee de Beverly Hills após prender Morgan por uma série de ligações falsas para o serviço de emergência de LA.

Na mesma época, o Hollywood Reporter publicou um artigo sobre pessoas próximas de Stan Lee que estavam tentando conseguir o controle da fortuna dele - e Morgan estava na lista, sendo uma das pessoas investigadas.

Keya Morgan terá que lidar com as acusações de abuso de idoso e aprisionamento involuntário de idoso.

Um mandado de prisão foi emitido para Morgan no dia 10 de maio após ele receber cinco acusações, incluindo fraude e falsa denúncia de um crime. 

++ Luísa Sonza se pronuncia sobre briga de Carlinhos Maia com Whindersson Nunes: 'Podem me atacar, mas não ao meu marido'

O ex-agente de Stan Lee também trabalha como cienasta e estava, atualmente, trabalhando com um documentário sobre o assassinato de Marilyn Monroe. Após o lançamento de Leaving Neverland, o Morgan também disse que está trabalhando em um "contra-documentário" para o que ele diz que irá "provar a inocência" de Michael Jackson.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!