Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Famosos » POLÊMICA

Integrante do CPM 22 comenta conversa vazada com menor: "Com consentimento, não há crime"

Conversa de 2012 entre Japinha e menina de 16 anos vazaram nas redes sociais

Redação Publicado em 10/06/2020, às 13h30 - Atualizado às 15h37

Japinha, baterista do CPM 22
Japinha, baterista do CPM 22 - Instagram

Prints de uma conversa de 2012 entre Japinha, baterista do CMP 22, com uma fã da banda que na época tinha 16 anos vazaram em um perfil no Twitter, chamado Exposed Emo, na noite de terça-feira (9). Na ocasião, o músico tinha 38 anos.

A interação entre eles possui um clima de paquera, e Japinha chegou a dizer que gostaria de conhecer a garota, perguntando sua idade e até falando sobre sua virgindade.



Confira:

Durante uma conversa com o UOL, o músico confirmou a veracidade da conversa, mas diz que não vê maldade em seu conteúdo. "Nunca cheguei a conhecer essa pessoa. Nem lembro dela, para ser sincero, mas a menina deveria ser bonita. A conversa não teve uma conotação maldosa. Nunca faltei com respeito com ninguém. Teve um clima de descontração, de combinarmos de nos encontrar. Fluiu de forma agradável", disse.

Japinha ainda contou que é comum que menores de idade e até mesmo mulheres casadas se aproximem dele e de outros membros da banda, mas esse titpo de contato é sempre evitado.

+Leia mais: Porta dos Fundos é acusado de gordofobia ao ridicularizar gordo em vídeo sobre coronavírus

"Já cheguei a pedir RG para fãs, muitas enganavam a idade. Você tem que ter esse discernimento porque corre o risco de se prejudicar. Por mais que haja consentimento, não é visto com bons olhos", admite Japinha. "Mas o Marcelo Camelo começou a namorar a Mallu (Magalhães) quando ela tinha 15 anos. O Caetano é casado com uma mulher que era menor de idade quando se conheceram. Com consentimento, não há crime".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Ricardo Di Roberto (@ricardo_japinha) em

 

Com a grande repercussão do caso, Japinha admite que gostaria de não ter tido a interação com a menina, mas considera exagerada as proporções que a conversa tomou. "Eu, sinceramente, não vejo maldade. Mas se pudesse não ter tido essa conversa, não teria. Tem uma das minhas falas que eu peço para ela procurar a banda se ela quisesse. Nunca encostei ou beijei uma mulher sem ela querer. Não forcei", disse.

"E a questão de ser menor de idade e continuar conversando? Fui falando como se fosse alguém maior de idade. Era uma clima leve, educado, os dois se divertindo. Foi algo normal como com todos os fãs. Mas é mais fácil dizer que o Japinha tentou levar uma menor para a cama mentindo a idade", falou o baterista.

A menina da conversa não chegou a procurá-lo após o vazamento dos prints, mas Japinha espera que ela entre em contato para esclarecerem a situação. "Adoraria que essa menina voltasse a falar comigo. Se eu tivesse conversado cinco minutos com ela, nada disso teria acontecido. Infelizmente, ela preferiu divulgar prints", disse. "Não sei se foi para chamar atenção ou para ser maldosa. Eu nem brigaria com ela, só falaria a real: não precisava ter feito isso, não te assediei moralmente, você riu e disse que ia me procurar depois. Se tivesse rolado uma tentativa de sexo ou estupro, ela teria me processado lá atrás, não falado agora".

O músico está acompanhando os comentários relacionados ao caso e acredita que a maioria das pessoas consegue perceber que tudo não passou de uma brincadeira. "Sabem que foi um exagero. A quarentena está fazendo com que as pessoas se concentrem em qualquer fogueira que surge na internet. O cancelamento está na moda", opina.

+ Leia Mais: Lulu Santos é acusado de gordofobia após comentário para participante do The Voice Brasil

Em conversa com o restante da banda, eles decidiram se manifestar sobre o assunto publicamente. O próprio CPM 22 publicou um comunicado sobre o ocorrido. Confira:

AFASTAMENTO

Após o comunicado oficial sobre o caso envolvendo Japinha, o CPM 22 decidiu, na tarde desta quarta-feira (10), em afastar o baterista da banda.

Eles usaram as redes sociais oficiais para falar sobre a decisão. "Após os últimos acontecimentos, decidimos pelo afastamento do nosso baterista, Ricardo Japinha, reafirmando nossa posição de não compactuar com atitudes desrespeitosas com quem quer que seja. A banda continua", comunicou o CPM, no Twitter.

 

Ainda, na noite de ontem, antes da revelação deste caso e sem citar nada relacionado a ele, o baixista Fernando Sanchez anunciou que estava deixando o CPM. "Venho aqui por meio deste comunicar que estou me desligando da banda CPM 22".

 

 

 


+ Itens para maratonar filmes em casa:

1. Pipoqueira Philco: https://amzn.to/3746SUt

2. Almofada porta-pipoca: https://amzn.to/2sxJ0JK

3. Smart TV LED Panasonic: https://amzn.to/38kZXGr

4. Fire TV Stick: https://amzn.to/30xAnLH

5. Home Theater Philco: https://amzn.to/38hufKl

6. Poltrona reclinável, K.R. Móveis: https://amzn.to/2Nz93Yi

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!