Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaInstagram Exitoína
Famosos » Eita

Rapper A$AP Rocky é condenado por caso de agressão na Suécia

O rapper, no entanto, não deve cumprir nova pena, por já ter ficado preso no país por quase um mês

Redação Publicado em 14/08/2019, às 09h28

None
- O rapper A$AP Rocky. Crédito: Reprodução/Instagram

O rapper A$AP Rocky foi condenado, nesta quarta-feira (14), por um caso de agressão na Suécia, ocorrido em junho. Ele, no entanto, não deve cumprir uma nova pena. 

A Justiça sueca entendeu que o rapper, cujo nome verdadeiro é Rakim Mayers, não agiu em legítima defesa, como ele havia alegado. A informação é da rede CNN.

Mayers foi julgado pelo caso ao lado de dois outros homens, David Rispers e Bladimir Corniel, que também agrediram a vítima com chutes e com uma garrafa.

"Os réus alegam que agiram em legítima defesa. Baseada no depoimento de duas testemunhas, a Corte acredita que os réus não estavam sujeitos a um ataque criminoso", diz a decisão da Corte do Distrito de Estocolmo, publicada pela CNN. "Por isso, eles não estavam numa situação em que precisariam usar a violência para se defender."

O rapper chegou a passar algumas semanas preso na Suécia, mas foi liberado no início deste mês, quando retornou aos EUA. Ele não foi obrigado a aparecer no tribunal sueco para o julgamento. 

Por isso, de acordo com a Variety, a sentença do rapper foi suspensa, já que ele cumpriu quase um mês de detenção num presídio sueco. Ele, porém, deve ter que arcar com as despesas da vítima por conta da agressão. 

Quando esteve preso, Rocky recebeu apoio até do presidente dos EUA, Donald Trump, que chegou a pedir ao governo da Suécia que liberasse o artista. Entretanto, o governo do país europeu afirmou, na ocasião, que não poderia se envolver em decisões judiciais.

++ Depois de sequestro falso, Marina Joyce está desaparecida 

De volta aos EUA, A$AP Rocky participou de um festival de música na Califórnia no último final de semana e falou sobre o caso. "Espero não voltar para a cadeia ou algo do tipo, seria louco", disse. "Foi um acontecimento infeliz."