Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Famosos » DESABAFO

Taylor Swift revela ter sofrido com transtorno alimentar e que "parou de comer" após manchetes insinuando gravidez

O documentário Miss Americano mostra a luta da artista com sua imagem corporal

Redação Publicado em 24/01/2020, às 08h46 - Atualizado às 09h20

Taylor Swift nos bastidores do clipe de "Me!"
Taylor Swift nos bastidores do clipe de "Me!" - Reprodução/Instagram

O documentário Miss Americana, que acompanha a carreira de Taylor Swift, estreou nesta quinta-feira (23) no festival de cinema Sundance. Apesar de apenas chegar aos fãs no dia 31 na Netfflix, a mídia estrangeira já adiantou que a cantora revelou ter sofrido com transtorno alimentar após comentários negativos sobre seu corpo. 

Em entrevista para a capa da revista Variety, ela contou mais sobre o problema, apesar de dizer que havia "tantas pessoas" mais aptas que ela para tocar no assunto. "Eu não sabia se me sentiria confortável falando sobre imagem corporal e as coisas que passei em termos do quão doentia minha relação com comida e tudo mais foi ao longo dos anos", disse. 

+ Leia mais: Manu Gavassi comenta sobre show da Taylor Swift no Brasil e fãs respondem

Ela explica que sua relação com a comida seguia um padrão psicológico de outras áreas de sua vida. "Se passassem a mão na minha cabeça, eu registrava aquilo como bom. Se eu era punida, registrava aquilo como ruim", conta. "Me lembro que, aos 18 anos, eu estava na capa de uma revista pela primeira vez e a manchete era 'Grávida aos 18?' porque eu usei uma roupa que não deixava minha barriga chapada."

+ Leia mais: Taylor Swift revela que mãe tem tumor no cérebro e se declara: "Ela é a força que me guia"

Após o episódio, porém, ela recebeu elogios em um ensaio fotográfico por ser magra o suficiente para vestir as roupas sem ajustes e começou a considerar isso como algo bom. No documentário, ela aparece falando que não é bom ver fotos suas diariamente. "Só aconteceu algumas vezes e não tenho orgulho disso", diz na cena. "[Eu vi] uma foto minha onde parecia que eu estava grande demais ou alguém dizia que eu parecia estar grávida e isso era gatilho para passar fome, às vezes - só parar de comer."

 


+ Essa é para quem adora ouvir músicas da maneira antiga e colecionar discos de vinis em casa - e, de quebra, deixá-la bem enfeitada. Esses grandes sucessos da música internacional vão deixar sua coleção bem mais completa. Ah, e lembrando que a compra desses produtos na Black Friday da Amazon estão com descontos progressivos incríveis! Não vai deixar de conferir, hein?

David Bowie: Edição limitada, importada com gravação original. Vem com todos os clássicos do mestre do rock, além da capa ser linda para decorar sua casa. https://amzn.to/35ppkW9

Bad de Michael Jackson: Who's Bad? Esse sétimo álbum de estúdio importado é o melhor item para os fãs do rei do pop. https://amzn.to/2QHniwD

The Dark Side of The Moon de Pink Floyd: Edição importada com as melhores faixas da banda, a capa possui a imagem clássica que fica linda em qualquer lugar da casa. https://amzn.to/2QHoS1u

Abbey Road dos Beatles: Com 11 faixas das músicas mais conhecidas da banda para curtir com toda a família. E então, “come together right now”? https://amzn.to/2L0oUy3

Am do Arctic Monkeys: Quinto álbum do grupo para quem adora uma nostalgia quando se trata de música - mas sem esquecer seu lado “moderno”. https://amzn.to/2XAeuKu

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Exitoina pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.


Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!