Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína

Aos 51 anos, mulher aceita gestar a própria neta para a filha infértil

Julie Loving quis ajudar a filha, que tentou engravidar por 4 anos

Redação Publicado em 26/06/2020, às 16h38

Julie e sua filha, Breanna
Julie e sua filha, Breanna - Instagram

Julie Loving passou quatro anos de sua vida vendo as tentativas da filha de engravidar irem por água abaixo. Diante deste cenário e movida pelo sonho de ser avó, ela tomou uma decisão corajosa: aos 51 anos, se voluntariou para ser barriga solidária e, agora, está gestando a própria neta.

A filha de 29 anos, Breanna Lockwood, decidiu ter um filho logo depois de se casar, em 2016. O avô dela era portador de uma doença terminal, e ela sonhava que ele pudesse conhecer seu bisneto. Porém, depois de um ano sem sucesso no projeto gravidez, Breanna marcou uma consulta com um especialista em fertilidade.



Ela explorou alternativas diversas, desde múltiplas fertilizações in vitro até cirurgias. Ela chegou a conseguir engravidar algumas vezes - em uma delas, de gêmeos -, mas todas as terminaram em abortos espontâneos.

Depois de dois anos, o médico sugeriu que ela considerasse uma barriga solidária, visto que seus óvulos eram saudáveis, mas seu útero não era capaz de sustentar a gestação até o fim.

Ele deu a ideia de pedir ajuda para uma amiga ou alguém da família, visto que uma barriga de aluguel pode custar cerca de R$ 545 mil. Porém, Breanna nem precisou fazer o pedido. Julie, sua mãe, já estava pronta para ajudar a filha.

+Leia mais: Primeiro homem gay a ser pai de uma criança no Reino Unido terá trigêmeos com o ex-namorado da filha

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

you ladies heard it first! but announced today on our personal page. This was a big step for me. Thinking and praying for each and every one of you! They say, “It takes a village to raise a child”, but for some it can take a village to HAVE a child... ⠀ ⠀ We are happy to announce, finally, ...⠀ BABY LOCKWOOD IS ON THE WAY! ⠀ ⠀ Made with a lot of love, and a little bit of science...⠀ Baby Lockwood will be brought into this world via GESTATIONAL CARRIER, and this little miracle’s carrier is quite a special one. ⠀ ⠀ MY MOM.⠀ My mom will be carrying and delivering our baby!⠀ ⠀ The biggest supporter in my life is giving us our biggest blessing. My beautiful mama is carrying her first grandchild, Aaron and my biological child, as a gestational carrier!⠀ ⠀ Aaron and I had our reproductive DNA taken, fertilized, tested, and frozen via IVF, as my mom breezed through every preliminary test she took, to be able to give us this gift. Defying the odds at 51 years old, she’s pushing reproductive science out of the box, as ONE of only a handful of surrogates NATIONWIDE to deliver their grandchild via gestational surrogacy!⠀ ⠀ The trials and tribulations of infertility was undoubtedly the hardest venture we have had to face in our lives. ⠀ ⠀ In short that included...⠀ ⠀ 1311 days⠀ 476 injections⠀ 64 blood draws⠀ 7 surgical procedures ⠀ 3 rounds of harvesting eggs⠀ 19 frozen embryos ⠀ 8 IVF frozen embryo transfers total⠀ 4 failed embryo transfers⠀ 1 singleton miscarriage⠀ 1 twin miscarriage ⠀ 1 ectopic pregnancy ⠀ Countless tears⠀ ⠀ Sharing this adventure with my mom has been the most unique and amazing experience. Surrogacy is truly the most selfless gift. She is the pure example of “you would do anything for your kids”, and if i can even be half of the mother she is, I know i’m doing something right...⠀ ⠀ I want to give a special thanks to Dr. Kaplan with @fertilitycentersofillinois for his compassion and care in this field.⠀ ⠀ Baby Lockwood we can’t wait to meet you...⠀ See you in November! This content is exclusively managed by Caters News. To license or use in a commercial player please contact licensing@catersnews.com or +44 121 616 1100 / +1 646 380 1615

Uma publicação compartilhada por Breanna Lockwood (@ivf.surrogacy.diary) em

 

"Quando ela perdeu os gêmeos, eu comecei a conversar com ela a respeito. A princípio, ela foi contra e achou que eu estava louca, mas eu continuei insistindo", relembra Julie em entrevista ao programa Good Morning America.

Ela conta que já correu 19 maratonas e as gestações de seus filhos foram tranquilas. Por isso, se sentiu pronta para o trabalho, em termos de saúde. A confirmação dos médicos veio: apesar de uma gravidez aos 51 anos geralmente ser considerada de risco, Julie passou em todos os exames.

"Sinto que minha mãe é o mais próximo que [o bebê] pode estar de mim sem estar no meu corpo. Minha mãe quer ser avó tanto quanto eu quero ser mãe, então ela está fazendo todo o possível", conta Breanna.

+Leia mais: Jovem faz vestido com 750 metros de fita adesiva para ganhar bolsa de estudos

O bebê deve chegar ao mundo em 12 de novembro. Questionados sobre se pretendem contar à filha sobre a história inusitada de sua gestação, Breanna e o marido afirmam que irão dizer a verdade: que ela "era tão querida que fizemos tudo o que podíamos para trazê-la ao mundo"

 

 

 


+ Notebooks novinhos para você trabalhar ou estudar:

1. Kit Notebook Acer Aspire 3 + Mochila: https://amzn.to/37Em9Ms

2. Notebook 2 em 1 Acer Spin 3: https://amzn.to/30pqhga

3. Notebook Acer Aspire 5: https://amzn.to/35J9c2f

4. Chromebook Acer N7 C731-C9DA: https://amzn.to/37zgcQO

5. Notebook Ideapad S145, Lenovo: https://amzn.to/3ajowpk

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!