Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaInstagram Exitoína
Música » icônico

Com Madonna, Miley Cyrus e Britney Spears: Relembre os momentos mais polêmicos do VMA

Em contagem regressiva para o VMA 2019, relembre os principais acontecimentos do evento

Vitor Correia Publicado em 10/08/2019, às 09h14 - Atualizado em 11/08/2019, às 10h16

None
- Beijo entre Britney Spears e Madonna no VMA 2003. Reprodução/YouTube/Vevo

O MTV Video Music Awards, conhecido como VMA é uma das principais premiações de música.

Ele foi o palco de diversas polêmicas, sendo na hora dos artistas receberem seu prêmio, como se apresentando ou até com seus looks.

++ Taylor Swift e Ariana Grande lideram as indicações ao VMA 2019; veja a lista completa

Em preparação para a edição de 2019, que chega no dia 26 de agosto, relembramos os momentos mais marcantes dos anos passados. Veja:

Lorde dançando loucamente com Homemade Dynamite em 2017

A apresentação de Lorde no VMA de 2017 foi uma das coisas mais comentadas daquela edição.

Para divulgar seu single Homemade Dynamite, música presente em seu último álbum, o Melodrama, Lorde iria cantar na premiação, mas não foi o que aconteceu.

A cantora subiu no palco e apenas dançou com a música sendo tocada no fundo. Na hora, ninguém estava entendendo.

Mas tratava-se de um resfriado que Lorde teve no dia, precisando até tomar medicamento na veia. Por isso, ela não quis desapontar a MTV ou seus fãs cancelando a apresentação, ou não cantando muito bem, então resolveu dançar.

Mesmo sendo criticada após o ocorrido, ela continua defendendo o que fez, pois estava apenas “dançando com alegria”.

Em entrevista dada no mesmo ano no podcast WTF with Marc Maron, Lorde contou: “Eu coreografei uma dança pela primeira vez no VMA”.

Diana Ross e o look de Lil’ Kim de 1999

Além da premiação em si, o que também chama a atenção no VMA são as roupas que os artistas usam, que se tornam momentos icônicos da cultura pop.

Um que definitivamente entrou para a lista de looks mais memoráveis, foi Lil’ Kim em 1999, no estilo sereia com seu macacão roxo, que cobria metade da parte de cima de seu corpo, e a outra metade tendo a famosa concha cobrindo um de seus seios, além de sua peruca da mesma cor.

Se alguém ficou surpresa com Lil’ Kim naquele ano foi Diana Ross.

As duas, ao lado de Mary J. Blig, e apresentavam os indicados e vencedores da categoria de Melhor Clipe de Hip Hop, quando Diana chegou para acompanhar as duas, se mostrou surpresa com a roupa da rapper, e, após abraçá-la, apalpou o seu seio que estava “a mostra”.

Depois disso, as três brincaram que são as novas The Supremes e continuaram a premiação normalmente.

Vale lembrar que o look voltou ao VMA em 2016, sendo homenageado por uma das drag queens da segunda temporada de Rupaul’s Drag Race All Stars, Coco Montrese. Ela esteve acompanhada de outras drags usando roupas marcantes usadas na premiação.

"Recriando looks icônicos do VMA (...) nossas queens do All Stars dominando o tapete!"

Fiona Apple e seu discurso polêmico de 1997

Ganhando a categoria de Melhor Artista Novo, em 1997, Fiona Apple decidiu fazer um discurso de agradecimento um pouco diferente dos outros.

A cantora usou o momento para fazer algumas críticas, que viraram uma das polêmicas da noite.

“Esse mundo é uma m.... Vocês não devem moldar sua vida com base no que acha que pensamos ser legal ou no que pensamos. Sejam vocês mesmos”, protestou.

Depois disso ela agradeceu normalmente seus familiares e as pessoas que a ajudaram na carreira.

Ela terminou ainda com: “É tão estúpido eu estar nesse mundo, mas vocês são muito legais comigo, então muito obrigada”.

O retorno não muito triunfante de Britney Spears em 2007

Acabando de se recuperar de um colapso nervoso, que ficou bem conhecido pelos fãs da música pop, principalmente por conta do seu cabelo raspado, Britney Spears voltou em 2007 com sua nova música, Gimme More, de seu álbum Blackout.

A performance era para ser seu grande retorno, mas acabou sendo meio bagunçada. A coreografia da cantora não estava tão perfeita como geralmente é, e isso chamou a atenção de todos os telespectadores daquele ano.

Além disso, a mídia sensacionalista chegou a dizer que a cantora estava acima do peso, só por não ter o mesmo corpo que tinha aos 17 anos, algo que, com certeza, não aconteceria mais nos dias atuais. 

Madonna e a polêmica Like a Virgin em 1984

Madonna é naturalmente conhecida por suas polêmicas e esse momento não foi muito diferente. É bom lembrar que isso foi feito em 1984, então hoje em dia, talvez, a reação não fosse tão negativa como foi na época.

Com seu icônico vestido de noiva e um cinto escrito “Boy Toy”, Madonna se apresenta com uma de suas músicas mais icônicas e controversas, Like a Virgin.

Ela termina a música com seu vestido destruído e um grande deboche as cerimônias de casamento.

Seu empresário da época, Freddy DeMann, falou que essa performance seria a morte de sua carreira, não esperando que fosse o contrário.

Michael Jackson e Marie Presley se beijando no palco em 1994

Em 1994, Michael Jackson compareceu ao VMA e decidiu deixar público seu romance com Marie Presley, vulgo a filha de Elvis Presley.

Para anunciar esse relacionamento, Michael discursa um pouco e no final a beija. As reações disso foram uma mistura de aplausos com telespectadores incomodados.

Os dois se separaram em 1996, dois anos depois disso.

Fifth Harmony "jogando" Camila Cabello para fora do grupo em 2017

A notícia de que Camila Cabello estava deixando o Fifth Harmony deixou muitos fãs abalados, mas ninguém esperava pelo que estava por vir.

O grupo feminino, então com quatro membros, foi se apresentar no VMA de 2017.

Cantando Down, elas começam a música com cinco integrante usando casacos metálicos com capuz, e, ao tirá-lo, uma das meninas cai para trás, sobrando as quatro.

Tudo isso foi uma clara indireta (bem direta) para Camila e chocou os fãs.

++ De Lil Nas X a Rosalía, você já conhece todos os indicados a artista revelação do VMA 2019?

Lady Gaga e o vestido de carne 2010

Possivelmente com o look mais icônico usado na premiação, Lady Gaga apareceu no VMA de 2010 com um vestido feito completamente de carne. Na época ele foi tão criticado e comentado quanto é, ainda, até hoje.

Em entrevista para a Ellen DeGeneres, ela fala que foi uma forma de se manifestar, afirmando: “Eu não sou um pedaço de carne”.

Ela subiu ao palco para receber um de seus oito prêmios da noite, entregou sua bolsinha de carne para Cher segurar e fez seu discurso de agradecimento. Foi nele que também anunciou o nome de seu próximo álbum, Born This Way.

O vestido passou por alguns procedimentos químicos para ser conservado.

Nicki Minaj chama Miley Cyrus para briga em 2015

Um momento bem inesperado na premiação. Ao acabar de ganhar um prêmio, Nicki Minaj decidiu chamar Miley Cyrus, que era a apresentadora daquele ano, para responder sobre o que havia dito sobre a ela em uma entrevista.

Miley não se abalou e a respondeu que a mídia distorce a fala dos artistas e que ela não deveria acreditar em tudo aquilo.

Apresentação de Miley Cyrus em 2013

Talvez o momento mais memorável da cultura pop de 2013. Diretamente de Hannah Montana, Miley Cyrus se apresenta ao lado de Robin Thicke e mostra como estava na época. 

Com direito a muito twerk e língua para fora, o público se chocou com a cantora completamente diferente.

Kanye West interrompendo a premiação de Taylor Swift em 2009

Kanye West não concordou com a decisão do VMA de premiar Taylor Swift com o prêmio de melhor clipe feminino de 2009 por You Belong With Me, então resolveu se manifestar.

Ele levantou, pegou o microfone e declarou que a verdadeira merecedora era Beyoncé, que ficou sem palavras com a atitude.

Mais tarde, ao receber o troféu de vídeo do ano por Single Ladies (Put a Ring on It), Beyoncé cedeu o seu espaço para Taylor concluir o seu discurso de agradecimento. 

++ Miley Cyrus está descontente com o VMA desse ano e diz que 'nem f...' estaria na premiação

Britney Spears, Madonna e Christina Aguilera se beijam em 2003

Acompanhadas de Missy Elliot, as tres maiores cantoras pop do momento se apresentam juntas ao som de Like A Virgin

Com Britney e Christina vestidas de noiva, e Madonna de noivo, o casamento entre as cantoras, a performance teve direito até a beijo na boca entre elas – e um corte para a cara de Justin Timberlake, que recentemente havia se tornado o ex-namorado de Britney, ao ver a cena.