Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
News » DESFECHO

Assassino do ator Rafael Miguel teve ajuda de amigos ao fugir; entenda

O jovem foi atingido por sete disparos em um crime que ainda matou seus pais

Redação Publicado em 08/06/2020, às 14h46

Rafael Miguel em foto publicada nas redes
Rafael Miguel em foto publicada nas redes - Instagram

O assassino do ator Rafael Miguel, que foi morto no dia 9 de junho do ano passsado, teve ajuda de amigos para fugir. Isso porque eles relataram ao Balanço Geral, da Record TV, sobre a fuga de Pedro Cupertino, na tarde desta segunda-feira (08). 

Um amigo identificado como Eduardo disse que Cupertino começou a pensar no que fazer logo após o crime para que a fuga fosse "bem-sucedida". "Fiz merda. Arruma um advogado para mim. Me arranja 5 mil reais", contou Eduardo. Cupertino era dono de um ferro-velho na em São Paulo.

Os amigos ainda contaram que o criminoso passou por Sorocaba, Águas de São Pedro e Campinas no estado de SP e seguiu para Ponta Porã, no MS. Vanderlei Antunes, o outro segundo amigo, contou que Cupertino estava longe da capital paulista poucos dias após o crime e usou a CNH de outra pessoa para viajar ao dizer que ele tem uma rede de amigos que devem favores a ele.

A polícia não descarta a possibilidade dele estar em outro país e acredita que o Paraguai seja uma opção, onde ele já teria contatos.

De acordo com a polícia, o crime foi marcado por 13 disparos de tiros no ator, que tinha 22 anos de idade, e nos pais dele, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, e sete balas atingiram Rafael. Uma na cabeça, uma no peito, três nas costas e duas no braço esquerdo. O pai foi atingido por quatro disparos e a mãe foi atingida duas vezes.

Eles foram surpreendidos quando estavam deixando Isabela Tibcherani, namorada de Rafael, em sua casa. Paulo Cupertino Matias, pai da garota, matou os três assim que a família chegou.

+ Leia Mais: Assassino da atriz e bailarina Daniella Perez é flagrado em manifestação contra a corrupção

O veículo usado na fuga doi encontrado pela polícia no dia 11 de junho do ano passado, a cerca de 21 quilômetros do local do crime, e era clonado.

 

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!