Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
News » SETEMBRO AMARELO

Ivete Sangalo, Bianca Andrade e Leo Picon participam de campanha de prevenção ao suicídio

Outros diversos famosos também toparam participar do #DesafioDos40segundos, chamando atenção para uma realidade alarmante: a cada 40 segundos, uma pessoa tira a própria vida

Redação Publicado em 10/09/2020, às 12h28

Ivete Sangalo em campanha de prevenção ao suicídio
Ivete Sangalo em campanha de prevenção ao suicídio - Instagram

No mundo todo, a cada 40 segundos, uma pessoa morre por suicídio. No Brasil, a cada 45 minutos alguém tira a própria vida.

O dia 10 de setembro é o dia mundial de prevenção do suicídio e em 2020 será marcado por uma ação encabeçada por grandes nomes da internet. O #DesafioDos40segundos acontecerá ao longo do dia, quando celebridades usarão suas contas do Instagram e TikTok para responderem a uma série de questionamentos com SIM ou NÃO.

Em um primeiro momento, o desafio parece ser apenas mais um jogo de perguntas e respostas. Tudo parece normal, até que no 40° segundo o jogo vira. O desafio é interrompido e uma mensagem revela o verdadeiro intuito da dinâmica virtual: “Antes que você pudesse completar um desafio de internet, mais uma pessoa perdeu a vida”.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Veveta (@ivetesangalo) em

 

A ação tem a chancela do CVV - Centro de Valorização da Vida, organização que realiza apoio emocional e prevenção do suicídio.

O objetivo da campanha, além de promover a reflexão sobre a importância da conversa e da escuta ativa para a prevenção do suicídio e manutenção da saúde mental, é atrair mais voluntários para o CVV. Para isso, o movimento conta com influenciadores de diversos segmentos e públicos, incluindo Ivete Sangalo, Juliana Paes, Fábio Rabin, Boca Rosa, Leo Picon e Flávia Alessandra .

“Durante a pandemia do covid-19, a capacidade de atendimento do CVV diminuiu, justamente por conta de grande parte do corpo de voluntários estar no grupo de risco. Desta forma, o CVV precisou se reinventar para conseguir atender remotamente e precisa de mais gente disposta a conversar. Afinal, gente precisa de gente”, diz Eduardo Cabral, um dos organizadores da ação digital.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por CVV (@cvvoficial) em

 

Sobre depressão, transtornos mentais e outras causas do suicídio

➔ Segundo dados do IBOPE, o suicídio ao redor do mundo está em queda, mas o Brasil surge na contramão do movimento global. De acordo com levantamento feito em 2019, o suicídio cresce no País, principalmente entre jovens. Hoje, um brasileiro comete suicídio a cada 45 minutos. Ao ano, em média, 11 mil pessoas tiram a vida no País;

➔ De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), jovens entre 15 e 24 anos compõem o maior grupo de risco de suicídio, sendo a segunda causa morte de jovens ao redor do mundo. O relatório aponta também que é crescente o risco entre crianças de 5 e 9 anos;

➔ Também de acordo com a OMS, a depressão é a principal causa do suicídio no mundo, seguido pelo uso de álcool e drogas;

➔ As redes sociais compõem um dos ambientes mais favoráveis para o desenvolvimento de gatilhos para a depressão. De acordo com o estudo da Royal Society for Public Health, cerca de 70% dos jovens revelaram que aplicativos de redes sociais fez com que eles se sentissem pior;

Saúde mental & isolamento social

➔ De acordo com um estudo feito pela consultoria Eureca - The Truth - 70% dos jovens brasileiro tiveram piora na saúde mental por causa do isolamento social;

➔ Uma pesquisa da Associação Brasileira de Psiquiatria mostra que 89,2% dos profissionais entrevistados destacaram agravamento de quadros psiquiátricos nos pacientes devido a Pandemia;

➔ O aumento de pacientes novos, que nunca haviam apresentados sintomas psiquiátricos, foi relatada por 67,8% dos psiquiatras.

Sobre o CVV

➔ O CVV presta serviço voluntário e gratuito de prevenção do suicídio e apoio emocional para todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo. Os mais de 3 milhões de atendimentos anuais são realizados por 4.200 voluntários em mais de 120 postos de atendimento pelo telefone 188 (sem custo de ligação), ou pelo site via chat, e-mail ou carta. A entidade realiza também ações presenciais, como palestras, Curso de Escutatória e grupos de apoio a sobreviventes do suicídio. 

Saiba mais em https://www.cvv.org.br/


 

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!