Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
News » POLÊMICA

Motoboy é agredido e ameaçado por PM à paisana durante acusação de roubo

Vídeo mostra policial apontando uma pistola para o homem antes da viatura chegar

Redação Publicado em 31/08/2020, às 13h27

Vídeo mostra PM agredindo e apontando arma para entregador
Vídeo mostra PM agredindo e apontando arma para entregador - Twitter

Um motoboy foi preso em flagrante por roubo na noite da última sexta-feira (28), no Tremembé, em São Paulo. De acordo com o UOL, um soldado da PM à paisana alegou que foi abordado por ele e aparece ameaçando o entregador enquanto aponta uma arma para sua cabeça antes da viatura da polícia chegar ao local.

A família do motoboy nega o roubo e afirma que ele foi agredido pelo policial. Uma gravação dos moradores da região mostra André Andrade Mezzette, de 29 anos, no chão, dominado pelo PM Felipe da Silva Joaquim, de 30 anos, soldado da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam).

No vídeo, o entregador diz que estava apenas fumando maconha e o PM diz que "Deus sabe o que você fez" enquanto aponta uma pistola para a cabeça do rapaz a todo tempo. André é arrastado da rua para a calçada, leva chute nas costas e é xingado por Felipe.

A irmã do motoboy, Vitoria Mezzette, de 21 anos, disse ao UOL que ele acendeu um cigarro de maconha durante a pausa que fez entre as entregas de pizza e foi surpreendido pela aparição do PM. Ela afirma que Felipe não se identificou como policial e passou a agredir seu irmão com coronhadas e xingamentos.

O motoboy precisou levar três pontos na testa por causa dos ferimentos após ter sido levado para um pronto-socorro e depois para um hospital, onde realizou uma tomografia. Ele teve alta na manhã de sábado (29) e foi levado para o 73º DP (Jaçanã), onde já havia sido autuado em flagrante por roubo.

Na sequência, Mezzette foi transferido para o 72º DP (Parada de Taipas) e deve ser transferido para um centro de detenção provisória. 

Felipe disse à PM e à Polícia Civil que notou o motoboy em atitude suspeita enquanto passava pelo local. Ele afirmou que Mezzette foi para o meio da rua e anunciou o roubo quando ele deu uma volta. O soldado ainda relatou no boletim de ocorrência que teria descido da moto, entrado em luta corporal com o entregador até a chegada da PM, que o levou para o pronto-socorro.

+ Leia Mais: Policial é preso após matar motociclista com tiro nas costas

Ao UOL, Felipe afirmou que tudo que está no boletim de ocorrência registrado no Jaçanã "é o ocorrido". Ele ainda afirmou que "não é preciso arma para praticar um roubo" quando comentou a respeito do motoboy estar desarmado e disse que está sendo ameaçado na rua onde mora pela repercussão do caso. Confira o vídeo:

 

 

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!