Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
News » TRISTE

Padre comenta sobre menina de 10 anos estuprada pelo tio: "Gosta de dar"

Comentário de Ramiro José Perotto gerou revolta e ele excluiu o seu perfil em redes sociais

Redação Publicado em 21/08/2020, às 13h18

Após comentários sobre menina de 10 anos estuprada, padre do Mato Grosso pediu desculpas
Após comentários sobre menina de 10 anos estuprada, padre do Mato Grosso pediu desculpas - Quidec Pacheco/Pixabay

Os comentários de um padre sobre uma menina de 10 anos estuprada pelo tio no Espírito Santo geraram indignação nas redes sociais. Ramiro José Perotto, do município de Carlinda, no Mato Grosso, declarou que a garota não era inocente e "gosta de dar". O caso ficou popular após a menina, abusada desde os seis anos, engravidar e precisar fazer um aborto.

"Você acredita que a menina é inocente? Acredita em papai noel também? Seis anos, [estuprada] por quatro anos e não disse nada. Claro que ela estava gostando. Por favor, gosta de dar, então assuma as consequências", escreveu em uma publicação. "Duvido uma menina ser abusada com seis anos por quatro anos e não falar. Aposto minha cara. Ela compactuou com tudo e agora a menina é inocente", voltou a dizer.

Os comentários foram apagados, mas acabaram viralizando nas redes sociais, o que deixou muita gente indignada. Em nota enviada ao Mato Grosso Ao Vivo, após a repercussão dos dizeres, o padre se desculpou pelo que havia dito: 

"Assumo toda a responsabilidade de três postagens em meu Facebook sobre a defesa da vida, no caso do aborto ocorrido no último dia 17. As postagens foram excluídas por mim mesmo quando percebi inúmeros comentários que atacaram a minha defesa. Assumo a responsabilidade de ter proferido palavras desagradáveis, e justifico que compartilho da defesa da vida, nunca condenar e tirar julgamentos", declarou.

"Não foi minha intenção proferir palavras de baixo calão, as quais não comungam com minha fé e minha crença na pessoa humana. Àqueles que se sentiram ofendidos, só resta meu pedido de perdão. Excluí meu Facebook por não querer mais ofender e ser ofendido. Precisamos ser fraterno. Sempre peguei isso. As vezes que não fui, que Deus me perdoe. Lutemos pela vida, ela é dom de Deus", ainda disse.

 


 

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!