Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaInstagram Exitoína
Pride » ORGULHOSO

Candidato a presidente da Argentina dedica vitória nas urnas a filho drag queen

A drag queen Dyhzy agradeceu todos que votaram em seu pai Alberto Fernández, forte favorito a presidência da Argentina

Redação Digital Publicado em 14/08/2019, às 15h05

None
- (Reprodução/Instagram)

A vitória de Alberto Fernández nas eleições primárias da Argentina se deve a uma drag queen e cosplayer. Pelo menos foi o que disse o possível novo presidente da Argentina em seu discurso de comemoração da vitória, no último dia 12, que dedicou o êxito nas urnas das eleições primárias ao seu filho Estanislao, conhecido no Instagram e na noite de Buenos Aires como Dyhzy

Estanislao é uma drag queen muito conhecida na Argentina, além de um amante de animes e de ilustrações, que podem ser vistos pelos seus posts nas redes sociais. Militante queer e filho de Alberto Fernández, Dyhzy foi logo rechaçado durante o período da campanha eleitoral pelos opositores, na qual fotos da drag queen com fortes maquiagens e vestimentas exageradas viralizaram nas redes e nos grupos de conversa.

Acompanhadas por discursos homofóbicos, Dyhzy até fechou sua conta no Instagram durante um período por conta dos haters na internet. 

''A partir de hoje, o conceito de vingança, de racha e qualquer coisa que nos divida teve um fim. Vamos fazer isso nesse país. Devo isso a Estanislao, e vocês também devem isso a seus filhos”, revelou Alberto Fernández em seu discurso de comemoração das eleições primárias, na qual 86,5% das urnas já haviam sido apuradas.

Vale ressaltar que o candidato, apoiado pela ex-presidente Cristina Kirchner, ainda não ganhou as eleições na Argentina, mas as projeções apontam que ele é o favorito no primeiro turno das eleições no dia 24 de outubro.

Dyhzy, de 24 anos, celebrou essa primeira vitória de seu pai nas redes sociais de maneira carinhosa, ao dizer que agradecia ''todos que depositaram sua confiança votando em meu velho''.

Alberto Fernández disse em entrevista à Rádio con Vós, da Argentina, que o trabalho do filho não afetou de nenhuma forma seu desenvolvimento na campanha e nas urnas. Ele se referiu a Estanislao como um ''grande homem'' ao dizer que ''no mundo [de drag queen], que não conheço muito, ele é muito respeitado e reconhecido.''

++Além de RuPaul e das queens de 'Drag Race': conheça mais drag queens que fizeram história

O ''velho'', como é chamado carinhosamente pela drag queen, disse ter orgulho do filho. ''Como não vou ter? Ele é militante dos direitos dessa comunidade. Ficaria preocupado se meu filho fosse um delinquente'', finalizou.