Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Pride » ORGULHO

20 séries sobre o universo LGBTQIA+ para ver no streaming

Produções celebram a diversidade da comunidade

Júlia Andrade e Henrique Nascimento Publicado em 08/06/2019, às 10h00 - Atualizado em 04/06/2020, às 14h45

Para celebrar o mês do Orgulho LGBTQIA+, confira séries com a temática disponíveis nas plataformas de streaming
Para celebrar o mês do Orgulho LGBTQIA+, confira séries com a temática disponíveis nas plataformas de streaming - Reprodução/Netflix

A cada dia 28 de junho, comemora-se o Dia Internacional do Orgulho LGBTQIA+. A data remonta à Rebelião de Stonewall, uma série de manifestações que ocorreram em 1969 no Stonewall Inn, em Nova York, reduto de jovens gays e travestis, contra a repressão e a violência policial.

+ Leia mais: No mês do Orgulho LGBTQIA+, internauta relembra a história da funkeira Lacraia

O movimento marcou o início da luta pelos direitos de pessoas LGBTQIA+ e, desde então, não só o dia 28, mas todo o mês de junho transformou-se em um período para celebrar a possibilidade de cada um viver do jeito que é. Por aqui, nós selecionamos uma lista completa de séries com temática ou personagens LGBTQIA+ para curtir e aprender mais sobre o assunto. Confira:



Tales of the City

Tales of the City: Disponível na Netflix (Divulgação/Netflix)

 

Batizada de Crônicas de São Francisco no Brasil, a série estreou em 1993 e foi uma das primeiras produções televisivas a focar no cotidiano de uma família de "excluídos". Considerada controversa, foi cancelada, mas voltou em 1998 para mais uma temporada, intitulada More Tales of the City, e em 2001, com Further Tales of the City. Em 2019, a Netflix trouxe mais uma leva de episódios e incluiu toda a série no catálogo da plataforma.

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: Anna Madrigal, de Tales of the City, e outros personagens LGBTQIA+ na terceira idade em filmes e séries

The L Word

The L Word: Disponível no Globoplay (Divulgação/Showtime)

 

Também das antigas, The L Word era uma série que acompanhava o cotidiano de um grupo de amigas lésbicas e bissexuais vivendo em Los Angeles, na Califórnia. Estreou em 2004, teve seis temporadas e, em 2019, foi revivida em uma nova série, The L Word: Generation Q, ainda inédita no Brasil.

Disponível em: Globoplay

+ Leia mais: Além de Linn da Quebrada, cantoras trans e negras para não tirar da playlist

Will & Grace

Will& Grace: Disponível no Globoplay e no Amazon Prime Video

 

A comédia retrata a vida de um advogado homossexual e uma designer de interiores, que são melhores amigos e dividem um apartamento em Nova York. Com a intimidade, eles acabam sempre se envolvendo nos problemas um do outro. Teve oito temporadas, exibidas entre 1998 e 2006, e voltou ao ar em 2017 para mais três temporadas, antes de acabar pela segunda vez.

Disponível em: Globoplay e Amazon Prime Video

+ Leia mais: AIDS: A evolução da luta contra a doença no cinema e na TV

Angels in America

Angels in America: Disponível no HBO GO (Divulgação/HBO)

 

Criado por Tony Kushner para o teatro, Angels in America ganhou uma adaptação para a TV em 2003. A história focado em dois pacientes que lutam para sobreviver ao HIV em 1980 e discute diversas implicações que o vírus têm na vida de cada um. É considerado uma das produções mais importantes da comunidade LGBTQIA+.

Disponível em: HBO GO

+ Leia mais: Primeiro filme com protagonista gay estreia no Disney+

Pose

Pose: Disponível na Netflix (Divulgação/Fox)

 

A produção se ambienta na Nova York da década de 1980 e conta com o maior elenco formado por pessoas transgêneros na história da televisão. Pose retrata a ascensão da cultura de ballroom, onde surgiu o voguing popularizado por Madonna, e a luta da população LGBTQIA+ daquela época contra o preconceito e a ameaça da AIDS.

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: Como em Hair Love, vencedor do Oscar, mulheres negras deixam de escondê-los e celebram o amor por seus cabelos

Hollywood

Hollywood reinventa a história da indústria cinematográfica e está na Netflix (Divulgação/Netflix)

 

Criada por Ryan Murphy, que também é responsável por PoseGleeHollywood reconta a história do cinema, "corrigindo" o passado e mostrando a revolução pela qual a indústria cinematográfica poderia ter passado caso não houvesse tanto preconceito. O destaque fica para a história de Rock Hudson (Jake Picking), que viveu a vida no armário e morreu em decorrência da AIDS, mas na série ganha a liberdade para viver um grande amor.

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: Linn da Quebrada, Rogéria e outros ícones LGBTQIA+ brasileiros que tiveram suas histórias contadas em documentários

Todxs Nós

Série Todxs Nós fala sobre a não-binariedade e está disponível na HBO GO (Divulgação/HBO)

 

Brasileira, a série mostra a história de Rafa (Clara Gallo), que se define como uma pessoa não-binária e se muda para a casa do primo, Vini (Kelner Macêdo), em São Paulo, por não ser aceita pela própria família. Na cidade, precisa lutar contra o preconceito e encontrar uma forma de viver a sua verdade.

Disponível em: HBO GO

+ Leia mais: Todxs Nós, série LGBTQIA+ brasileira, foge dos padrões e fura bolhas que nem mesmo sabíamos que existiam

Special

Baseada no livro de Ryan O,Connell, I'm Special: And Others Lies We Tell Ourselves, a série é inspirada na vida do autor, que também estrela a produção, um homem gay, portador de paralisia cerebral e com o desejo de aumentar suas chances de vida e realizar sonhos, como ser independente e ter um relacionamento amoroso.

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: Representatividade LGBTQIA+ na televisão atinge maior número na história, de acordo com relatório da GLAAD

Amizade Dolorida

A série apresenta um jovem que acaba de assumir sua homossexualidade e reencontra sua melhor amiga da escola que, por acaso, é uma famosa dominatrix de Nova York e o contrata como assistente.

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: A ascensão de mulheres no rap brasileiro na década de 2010

Feel Good

Feel Good: Série está disponível na Netflix (Divulgação/Netflix)

 

Mae (Mae Martin) é uma comediante e ex-viciada em drogas que acaba se envolvendo com uma garota heterossexual. Tudo parece ir bem, até que elas começam a ter problemas e Mae começa a perceber que alguns fantasmas do passado talvez não tenham ido embora e continuam vivos na cabeça dela.

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: Livros brasileiros sobre o universo LGBTQIA+ no país

Looking

A série de comédia dramática da HBO retrata a vida de três amigos gays na cidade de São Francisco. Patrick Murray (Jonathan Groff) , Agustín Lanuez (Frankie J. Alvarez) e Dom Basaluzzo (Murray Bartlett)  vivem situações que envolvem relacionamentos, carreira e família.

Disponível em: HBO GO

+ Leia mais: Com influência de Beyoncé, década de 2010 teve explosão de álbuns audiovisuais

Transparent

Com os três filhos já adultos, Maura (Jeffrey Tambor) decide se assumir como uma mulher transgênero e muda a dinâmica de como os familiares se relacionam inesperada e drasticamente.

Disponível em: Amazon Prime Video

+ Leia mais: Games que abraçam a diversidade

Please Like Me

A produção retrata a vida de Josh (Josh Thomas), que descobre ser gay após terminar o relacionamento com (Caitlin Stasey). Ele tem de lidar com a questão de ser aceito pela família por conta de sua orientação sexual, além de engatar um relacionamento com o conhecido Geoffrey (Wade Briggs).

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: Filmes sobre ativistas LGBTQ+ que você precisa assistir

Eastsiders

Após uma traição, o relacionamento entre um casal de homens gay acaba mudando. A situação é complicada no início, mas ao longo Eastsiders eles começam a se entender melhor e fortalecem o laço entre eles, experimentando novidades no namoro.

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: Filme de gangues é banido sob alegação de incitar a violência e redes de cinemas são acusadas de racismo

Grace & Frankie

Em pleno começo de terceira idade, Grace e Frankie vão viver juntas depois de serem surpreendidas com a notícia de que seus maridos estão apaixonados um pelo outro e querem o divórcio para viverem o relacionamento entre eles.

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: Atores e atrizes trans que arrasam em séries americanas

Dickinson

Dickinson reconta a história da poetisa Emily Dickinson (Divulgação/AppleTV+)

 

Como um conto de fadas, Dickinson reinventa a história da poetisa Emily Dickinson e moderniza a série de época, que se passa no século XIX. Na história, Emily (Hailee Steinfeld) luta contra a normatividade do patriarcado e vive um relacionamento secreto com a melhor amiga e futura cunhada.

Disponível em: AppleTV+

+ Leia mais: Pabllo Vittar faz história e abre o MTV EMA como a primeira artista brasileira e drag queen a se apresentar na premiação

Gypsy

Gypsy está disponível na Netflix (Divulgação/Netflix)

 

A série retrata a psicóloga Jean (Naomi Watts), que se infiltra na vida de seus pacientes, criando outra personalidade com nome Diane, para abordar os envolvidos nas histórias que lhe são contadas. Sidney (Sophie Cookson), ex-namorada de um paciente, é quem Jean se envolve emocionalmente e cria um relacionamento secreto, mesmo sendo casada. 

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: Fan Films que são (quase) tão bons quanto os filmes de Hollywood

Sense8 

Sense8: Série da Netflix teve cenas gravadas no Brasil (Divulgação/Netflix)

 

Em Sense8, oito desconhecidos de países e culturas diferentes têm a mesma visão súbita da morte violenta de uma mulher chamada e, por meio disso, descobrem que estão interligados mentalmente e emocionalmente. O enredo bate na tecla na representativade, desenvovlendo o contexto de seys personagens LGBTQIA+ em paralelo a outros personagens.

Disponível em: Netflix

+ Leia mais: Pabllo Vittar realmente foi longe demais e acumulou conquistas em todo o mundo; relembre

Visible: Out on Television

Visible: Out on Television está disponível na AppleTV+ (Divulgação)

 

A série documental conta a história da representatividade LGBTQIA+ na TV norte-americana, contando histórias de como essa população era representada nos jornais e nas produções televisivas, além de mostrar como uma cultura sustentada no preconceito começou a mudar para abarcar a diversidade.

Disponível em: AppleTV+

 


+ Notebooks novinhos para você trabalhar ou estudar:

1. Kit Notebook Acer Aspire 3 + Mochila: https://amzn.to/37Em9Ms

2. Notebook 2 em 1 Acer Spin 3: https://amzn.to/30pqhga

3. Notebook Acer Aspire 5: https://amzn.to/35J9c2f

4. Chromebook Acer N7 C731-C9DA: https://amzn.to/37zgcQO

5. Notebook Ideapad S145, Lenovo: https://amzn.to/3ajowpk

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!