Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
TV e Séries » CONTRA A VIOLÊNCIA

7 documentários para refletir sobre a violência contra a mulher nas plataformas de streaming

Os documentários abordam os diversos tipos de violência contra as mulheres e casos reais de vítimas

Redação Publicado em 25/11/2019, às 09h00 - Atualizado às 12h10

Cenas de Hot Girls Wanted, Malala e Lorena
Cenas de Hot Girls Wanted, Malala e Lorena - Reprodução/YouTube

Apesar de não ser uma data amplamente divulgada, o Dia Internacional para a Eliminação da Violência contra as Mulheres é comemorado em 25 de novembro, com o objetivo de denunciar as violências cometidas contra mulheres e exigir políticas que sejam efetivas em sua erradicação. 

Segundo a Organização de Estados Americanos, é considerada violência contra a mulher "qualquer ação ou conduta, baseada no gênero, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher", classificando as agressões em cinco categorias: violência física, sexual, psicológica, patrimonial ou moral. 

+ Leia mais: Além de O Exterminador do Futuro: Franquias que decidiram apostar em personagens femininas

O Fórum Brasileiro de Segurança Pública informou em relatório que houve um crescimento nos casos de feminicídio no Brasil em 2017, com cerca de 13 assassinatos por dia. Pensando nisso, selecionamos diversos títulos de documentários disponíveis em plataformas de streaming que abordam o tema em diferentes facetas, mostrando a triste realidade da violência que as mulheres ainda sofrem. 

Malala

Esse documentário conta a história de Malala Yousafzai, uma ativista paquistanesa que luta pelo direito das mulheres estudarem em seu país. Sua história ganhou o mundo após ela ter sido vítima de um atentado a tiros por ter iniciado protestos contra o fechamento de escolas para meninas na área onde ela morava. Onde assistir: Netflix. 

Brave Miss World

A modelo israelense Linor Abargil foi coroada Miss Mundo em 1998, sendo a primeira mulher de seu país a conquistar o título. Algumas semanas antes dessa grande conquista, ela foi estuprada e conta sua história neste documentário, além de ouvir os relatos reais de outras vítimas. Onde assistir: Netflix.

+ Leia mais: Apple TV+ cancela estreia de filme após acusações de abuso sexual infantil contra personagem retratado

Hot Girls Wanted

O documentário acompanha o cotidiano de quatro mulheres exploradas no nicho de pornografia "amadora", mostrando o machismo e a objetificação da indústria pornográfica, que movimenta bilhões de dólares por ano. Após o sucesso, foi lançada a série Hot Girls Wanted: Turned On, uma continuação do documentário em seis episódios. Onde assistir: Netflix. 

Lorena

Essa série documental explora a história de Lorena Bobbitt, uma mulher que castrou o ex-marido, John, após anos de abuso. Dividida em quatro episódios, o documentário mostra como a imprensa predominantemente masculina manipulou a história de Lorena, que se transformou em piada nacional. Onde assistir: Amazon Prime. 

+ Leia mais: Elizabeth Banks revela que dirigiu novo filme de As Panteras para celebrar as mulheres no trabalho

Audrie e Daisie

O documentário conta a história de duas adolescentes que foram estupradas por colegas de escola. Após as agressões, as meninas sofreram uma onda de bullyinh nas internet após realizar as denúncias, o que levou ao suicídio de uma das vítimas. O documentário mostra relatos da sobrevivente e de familiares, mostrando a triste realidade de quem passa pela violência sexual e ataques machistas. Onde assistir: Netflix. 

+ Leia mais: Scarlett Johansson fala sobre ter sido escalada para papéis "hipersexualizados" no início da carreira

Mexeu com uma, mexeu com todas

Esse é um documentário brasileiro dirigido por Sandra Werneck, que viu a frase que dá título ao projeto em um cartaz durante uma manifestação. O bordão logo se tornou um grito da luta pelos direitos das mulheres. No documentário, mulheres que passaram por situações de violência dão seus depoimentos, entre elas Maria da Penha, Joanna Maranhão, Luíza Brunet e Clara Averbuck. Onde assistir: Amazon Prime.

Feministas: O que elas estavam pensando? 

O documentário mostra o início do movimento feminista a partir de fotos da fotógrafa Cynthia MacAdams, que registrou a eclosão dos protestos na década de 70. Com relatos de mulheres de diferentes gerações, o documentário permite um panorama histórico das lutas femininas. Onde assistir: Netflix. 

 


 

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!