Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
TV e Séries » VEM AÍ

HBO Max, Disney+ no Brasil e parcerias da Netflix: O que esperar dos serviços de streaming de vídeo em 2020

Plataformas como HBO Max e Quibi irão estrear no próximo ano

Bruna Calazans Publicado em 07/01/2020, às 10h00

The Big Bang Theory é uma das séries que deve entrar para o catálogo da HBO Max
The Big Bang Theory é uma das séries que deve entrar para o catálogo da HBO Max - Warner Bros.

Nos últimos anos, o crescimento das plataformas de streaming de vídeo foi gigantesco. Nomes como Netflix e Amazon Prime Video se consolidaram no mercado com produções originais e caíram nos gostos do público.

Ainda em 2019, tivemos o lançamento do Disney+ em alguns países e da Apple TV+, o que já trouxe para o mercado de streaming títulos como The Mandalorian, do universo Star Wars e The Morning Show, que marcou o retorno de Jennifer Aniston para a televisão. 

Porém, o cenário para este mercado pode ser completamente diferente no próximo ano, visto que outras empresas irão investir em suas próprias plataformas. Um dos exemplos é o streaming do grupo WarnerMedia, detentor do canal de TV por assinatura HBO.

HBO Max

Intitulado HBO Max, a plataforma de filmes e séries está prevista para estrear em maio de 2020, com uma assinatura mensal de US$ 14,99, cerca de R$ 60 em conversão direta.

A plataforma promete 10 mil horas de conteúdo, com um catálogo formado por filmes e séries da HBO e de outros canais do grupo, como TNT Cartoon Network, TBS e CNN.

Além disso, a HBO Max também pretende investir em produções originais. Uma delas será a série Americanah, inspirada no livro de Chimamanda Ngozi Adichie. A produção já conta com nomes como Lupita Nyong'o, Uzo Aduba e Zackary Momoh no elenco.

+Leia mais: Lupita Nyong'o dança para comemorar escalação de Uzo Aduba para a minissérie Americanah

Outra novidade esperada para a HBO Max é um reboot da série Gossip Girl. A produção será focada nas redes sociais e se passará oito anos após o seriado original.

Já para os fãs de heróis, a plataforma também terá uma série em live-action sobre o personagem Lanterna Verde, da DC Comics. 

Quibi

Já em abril será a vez da estreia do Quibi, um serviço de streaming de vídeos curtos que já firmou parceria com grandes nomes da indústria, como o canal de esportes ESPN. A plataforma foi idealizada por Jeffrey Katzenberg, ex-chefe dos estúdios Disney e fundador da Dreamworks.

A plataforma será focada em conteúdo para ser consumido nos celulares e com uma duração mais curta. Em uma entrevista recente para a Variety, Jeffrey falou sobre o formato. "Os capítulos ou atos terão de 7 a 10 minutos. São especificamente gravados para serem assistidos em qualquer lugar. Se você tem entre 25 e 35 anos, depois de se levantar você fica no smartphone por mais de 5 horas”, disse.

+Leia mais: Quibi, Disney+ e DC Universe: O que estamos perdendo nos serviços de streaming ainda não lançados no Brasil

Entre os projetos já anunciados estão séries com o cantor Joe Jonas, do grupo Jonas Brothers e uma nova versão do game-show Lendas do Templo Perdido.

Netflix

A Netflix, por outro lado, não pretende ficar atrás nas novidades para o proximo ano. Apesar de ainda ser líder no mercado de streaming, a empresa promet e trazer grandes novidades para o seu público em 2020. 

Uma das mais aguardadas serão os frutos da parceria global com a Nickelodeon.

As duas empresas lançarão juntas novas séries e filmes com personagens que já existem no canal infantil.  "A Nickelodeon gerou dezenas de personagens que as crianças amam, e nós estamos ansiosos para contar histórias originais totalmente novas que irão reimaginar e expandir o mundo que eles habitam", disse a vice-presidente de animações originais da Netflix, Melissa Cobb, sobre a parceria.

O anúncio sobre a parceria entre a Netflix e Nickelodeon surgiu poucos dias depois da estreia do Disney+, plataforma de streaming da Disney - que também será uma novidade para o público brasileiro em 2020.

Disney+

O serviço de streaming da Disney já estreou em alguns países, como Estados Unidos e Canadá. A previsão é que ele chegue no Brasil em agosto do ano que vem. 

O Disney+ conta com quase 500 filmes e 7.500 episódios de televisão de Disney, Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic.

Os projetos futuros da plataforma incluem o retorno da série Lizzie McGuire com todo o elenco original, um remake do clássico Esqueceram de Mim e um game show intitulado Jedi Temple Challenge, insipirado em Star Wars.

Além disso, a série The Mandalorian, que está fazendo um grande sucesso por conta do famoso Baby Yoda, estará disponível para os brasileiros no ano que vem. 

Uma coisa é certa: cada vez mais a competição no mercado de streaming de vídeo fica maior e 2020 será marcado por muitas novidades.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!