Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
TV e Séries » TRIBUNAL

Julgamento de plágio de 'Stranger Things' será dividido em duas fases

Os irmãos Duffer estão sendo processados por Charlie Kessler por plágio da história da série

Redação Digital Publicado em 23/04/2019, às 17h07 - Atualizado às 17h46

'Stranger Things'
'Stranger Things' - Divulgação/Netflix

Matt e Ross Duffer, criados de Stranger Things, irão a júri em maio, por serem acusados de plágio de uma história criada por Charlie Kessler, com um jugalmente dividido em duas fases. O escritor processou os irmãos em abril de 2018 por quebra de contrato implícito, alegando que ele que lhes apresentou o conceito do enredo da ficção científica.

Segundo o The Hollywood Reporter, o juiz  Michael Stern concedeu nesta terça-feira (23) o pedido dos Duffers para a divisão do julgamento. Primeiro, um júri vai ouvir argumentos para determinar se os irmãos realmente pegaram a ideia de Kessler e são responsáveis ​​pela violação.

Se o júri determinar que existe responsabilidade, um segundo julgamento tratará dos danos. Kessler quer um terço do dinheiro arrecadado com Stranger Things. Ele diz que a produção é baseada em seu curta-metragem, chamado Montauk, e um roteiro intitulado The Montauk Project. Ross e Matt afirmam que a criação foi iniciada em 2010 e de forma independente.

+ Renée Zellweger aparece misteriosa na prévia de sua série na Netflix

A primeira fase está definida para começar em 7 de maio, um dia depois da data anterior.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!