Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
TV e Séries » LUTO

Roteirista de Gentefied e Daybreak, Camila María Concepción morre aos 28 anos

Ela, que também era ativista da comunidade trans, tirou a própria vida no último dia 21

Redação Publicado em 27/02/2020, às 10h00

Roteirista e ativista trans, Camila María Concepción tirou a própria vida aos 28 anos
Roteirista e ativista trans, Camila María Concepción tirou a própria vida aos 28 anos - Instagram

Roteirista e ativista trans, Camila María Concepción, que trabalhou nos roteiros de Gentefied, nova série da Netflix sobre uma família que tenta salvar o seu restaurante de tacos da urbanização acelerada do bairro, e Daybreak, produção pós-apocalíptica baseada nos quadrinhos de Brian Ralph, tirou a própria vida no último dia 21 de fevereiro, aos 28 anos. A informação foi confirmada por seus representantes da série e da Netflix. Além de roteirista, ela ativista na comunidade trans norte-americana.

Em seu Instagram, Linda Yvette Chávez, co-criadora de Gentefied, fez uma longa declaração sobre a amiga: "Camila, mi amor, eu não consigo escrever essas palavras sem começar a chorar. Eu não posso acreditar que estou escrevendo isso, porque você deveria estar aqui, Camila. Você deveria estar lá na quinta [na pré-estreia de Gentefied] e eu te mandei mensagens, porque estava preocupada, porque você estava ausente. Uma grande parte desse sonho estava ausente e eu deveria saber", escreveu.

"Meu amor, você era brilhante. Você era poderosa. (...) A primeira vez que você se sentou naquele quarto conosco, um ano e meio atrás, você foi hipnotizante. Você contava uma história como se estivesse enrolando algodão doce", acrescentou. "Você foi um anjo que Deus me enviou. Eu jamais esquecerei a primeira vez em que você me mandou uma mensagem cheia de amor, respeito e adoração. Você dizia que se inspirava em mim, mas com palavras que eu sentia que vinham do universo em si porque você sempre parecia que as mandava quando eu mais precisava".

A criadora também falou sobre como Concepción a ajudou a tocar o projeto de Gentefied: "Quando eu estava lutando para fazer a série e estava com dificuldades para acreditar em mim mesmo, você era esse anjo que aparecia nas minhas mensagens ou no meu escritório para dizer exatamente o que eu precisava ouvir", declarou. "Eu sei que você é mágica e eu queria que o mundo devorasse a sua magnitude como você merecia. (...) Você deveria estar aqui".

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Camila, mi amor, I can't seem to write these words without bursting into tears. I can't believe I'm writing these words at all. Because you're supposed to be here, Camila. You were supposed to be there Thursday and you weren't. And I texted you because I was worried. Because you were missing. A big part of this dream was missing and i should have known... I should have listened to that voice inside that said something was wrong... My love, you were brilliant. You were powerful. You were a creator Marvin and I were ready to champion to the ends of the earth. The first time you sat in that room with us a year and a half ago you were magnetic. You told story like you were spinning cotton candy. The sweetness enveloping the jagged edges of a woman looking to heal. My girl from El Monte who went to Yale who loved her girl from Norwalk who went to Stanford. And we trauma-bonded over being the only ones in a sea of whiteness. Over leaving our hoods and doing better and doing right by our mamis. You were an angel God sent me. I'll never forget the first text you sent me filled with so much love, respect, and adoration. You said you looked up to me but in words that felt like they were coming from the universe itself because you always seemed to send them when I needed them most. When I was struggling with making the show and was having a hard time believing in myself. You were this angel that would pop into my messages or into my office and say exactly what I needed to hear... and did I ever thank you for that? I thought I did but now I can't remember. And fuck I hope I did. You were a light. A brilliant light that struggled to shine in the midst of the darkness in this world. But I saw you, girl. I fucking saw you from the moment I laid eyes on you. I knew you were fucking magic and I wanted the world to devour your magnificence the way you deserved. Baby, you were going to have a show on HBO. I needed that show. I needed your voice. Your story. Your wisdom. Your fucking fierce wit and fearless IDGAF fervor. You should be here.

Uma publicação compartilhada por Linda Yvette Chávez (@lindayvettechavez) em

 

 


Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!