Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Viral » HOMICÍDIO

Autópsia confirma asfixia como causa da morte de George Floyd

O laudo contratado pela família da vítima confirma que o homem negro foi asfixiado pelo policial Derek Chauvin

Redação Publicado em 01/06/2020, às 18h27 - Atualizado às 19h31

George Floyd foi brutalmente sufocado pelo policial Derek Chauvin
George Floyd foi brutalmente sufocado pelo policial Derek Chauvin - Instagram

A autópsia contratada pela família de George Floyd, homem negro que morreu sufocado por um policial branco nos EUA na semana passada, contraria o que apontou a perícia oficial.

De acordo com a Variety, o advogado dos parentes do ex-segurança afirmou nesta segunda-feira (01) que a causa da morte constatada no laudo foi asfixia. Ben Crump realizou uma coletiva de imprensa com dois médicos legistas para anunciar os resultados da autópsia independente.

"Na minha opinião, a causa da morte é asfixia devido à compressão do pescoço", disse Michael Baden, um dos especialistas independentes. Baden disse que o joelho nas costas também contribuiu para a asfixia ao concluir que foi um homicídio. "George Floyd era um homem saudável", disse Crump. "Os policiais o mataram com um joelho no pescoço por quase nove minutos e dois joelhos nas costas comprimindo os pulmões", completou.

+ Leia Mais: Entenda porque Os Simpsons não "previu" a morte de George Floyd

A conclusão entra em desacordo com a perícia oficial do examinador médico do condado de Hennepin, em Minnesota, nos EUA. O médico legista havia dito que não havia evidências físicas de asfixia e sugeriu que sua morte foi resultado dos efeitos combinados da restrição policial, condições médicas subjacentes e possível intoxicação.

George Floyd morreu aos 46 anos, no último dia 25 de maio, após o policial Derek Chauvin, prendê-lo debaixo do joelho por alguns minutos enquanto a vítima estava algemada. “Eu não consigo respirar”, dizia Floyd durante uma gravação enquanto era sufocado pelo policial. Chauvin foi preso na última sexta-feira (29), acusado de assassinato e homicídio culposo.

+ Leia Mais: Esposa de policial que matou George Floyd pede divórcio

Os médicos Allecia M. Wilson, da Universidade de Michigan, e Michael Baden, de Nova York, foram responsáveis pela autópsia contratada pela família de George Floyd.

 

 

 

 

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!