Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Viral » CUIDADO!

Instalou o FaceApp? Saiba como proteger seus dados!

Aplicativo está sendo investigado pelo FBI por roubar dados de usuários

Redação Publicado em 16/06/2020, às 11h20

Saiba como se proteger do FaceApp, aplicativo investigado pelo FBI de roubar dados de usuários
Saiba como se proteger do FaceApp, aplicativo investigado pelo FBI de roubar dados de usuários - Pixabay

Com muito tempo sobrando devido à quarentena pela pandemia de coronavírus, o aplicativo FaceApp, com a possibilidade de mostrar como as pessoas ficariam se fossem mais novos, mais velhos ou até de outro gênero, voltou a viralizar, mas cuidados precisam ser tomados, já que os termos de uso para o aplicativo exige algumas permissões que podem ser prejudiciais aos usuários.

+ Leia mais: FaceApp é investigado pelo FBI por roubar dados dos usuários 

No Instagram, a advogada Camila Lima explicou que o aplicativo viola direitos garantidos aos brasileiros e já foi notificado por compartilhar, de forma ilegal, dados dos usuários, o que acabou acarretando em uma investigação pelo FBI, o Departamento Federal de Investigação dos Estados Unidos.



Segundo Camila, uma das cláusulas "prevê a possibilidade de compartilhamento dos dados do consumidor com empresas que fazem parte do mesmo grupo, prestadoras de serviços e organizações terceirizadas", violando "o direito de não fornecimento consciente a terceiros de seus dados pessoais", ou seja, o repasse de dados para as empresas, além de infrigir o artigo 7º da Lei nº 12.965/14, conhecido como o Marco Civil da Internet.

+ Leia mais: Ativista do movimento Vidas Negras Importam é encontrada morta após denunciar abuso sexual

Ao aceitar os termos de uso, o usuário também dá permissão os seus dados possam ser "transferidos para outros países que não tenham as mesmas leis de proteção de dados que as do país de origem, o que na prática representaria em renúncia de direitos dos consumidores"; e a empresa abre mão de qualquer responsabilidade por vícios (ou problemas), de qualquer natureza, em relação ao aplicativo ou serviço disponibilizado.

Por fim, caso tenham algum problema a ser resolvido com a empresa, em relação ao uso do produto, ele não poderá resolvê-lo por meios judiciais, mas através de um serviço no condado de Santa Clara, na Califórnia.

+ Leia mais: Pedro Scooby conta que teve casa no Rio de Janeiro assaltada

Porém, se você já instalou o aplicativo, há um jeito de proteger os seus dados: vá nas configurações do FaceApp, depois em Suporte e, em seguida, na opção "Soliticar remoção de dados da nuvem". Porém, se o medo o fez apagá-lo do celular o quanto antes, será preciso enviar um e-mail para privacy@faceapp.com e fazer a solicitação.

+ Leia mais: Nadja Pessoa afirma ter descoberto sobre o fim do casamento com Vinícius D'Black nas redes sociais

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

VOCÊ INSTALOU O FACEAPP NO SEU CELULAR?⠀ ⠀ ⠀ O faceapp viola muitos direitos garantidos aos brasileiros e já foi notificado por compartilhar de FORMA ILEGAL DADOS DOS USUÁRIOS, sendo investigado pelo FBI.⠀ ⠀ ⠀ A Política de Privacidade e os “Termos e Serviços” têm cláusulas abusivas. Vamos entender quais ilegalidades contratuais que você autorizou ao concordar com os termos do aplicativo? ⠀ ⠀ ⠀ 1º) Uma delas PREVÊ A POSSIBILIDADE DE COMPARTILHAMENTO DOS DADOS DO CONSUMIDOR com empresas que fazem parte do mesmo grupo, prestadoras de serviços e organizações terceirizadas.Isso viola o direito de não fornecimento consciente a terceiros de seus dados pessoais, além de infrigir o Marco Civil da Internet (artigo 7º, VII, Lei 12.965/14) ⠀ ⠀ 2°) Outra irregularidade é a cláusula que prevê que os dados do consumidor podem ser transferidos para outros países que não tenham as mesmas leis de proteção de dados que as do país de origem, o que na prática representaria em renúncia de direitos dos consumidores. ⠀ ⠀ 3º) Ainda há uma cláusula que estipula que conflitos entre usuários e as empresas sejam resolvidos não por meio judicial, mas por um serviço feito no condado de Santa Clara, na Califórnia, determinando a utilização compulsória de arbitragem.⠀ ⠀ 4º) Cláusula que limita e isenta suas responsabilidades por vício (problema) de qualquer natureza do produto ou serviço disponibilizado. ⠀ ⠀ COMO REMOVER SEUS DADOS SE JÁ DESISTALOU O APLICATIVO?⠀ ⠀ - Enviar um e-mail para privacy@faceapp.com e solicitar a remoção de todos os seus dados armazenados nas nuvens.⠀ ⠀ PARA SABER MAIS:⠀ ⠀ - Separei para vocês também (arraste para o lado) o documento do FBI que demonstra os perigos do aplicativo, além de um documentário sobre o assunto: Privacidade Hackeada (2019, disponível na Netflix)⠀ ⠀ Compartilhe esse conteúdo com quem ainda tem o app instalado! Edit.: Se o aplicativo ainda estiver instalado, entre em configurações > suporte > solicitar remoção de dados da nuvem. Quem já desistalou o app, enviar um e-mail para privacy@faceapp.com

Uma publicação compartilhada por Camila Lima (@camilalimae) em

 

 


+ Itens para maratonar filmes em casa:

1. Pipoqueira Philco: https://amzn.to/3746SUt

2. Almofada porta-pipoca: https://amzn.to/2sxJ0JK

3. Smart TV LED Panasonic: https://amzn.to/38kZXGr

4. Fire TV Stick: https://amzn.to/30xAnLH

5. Home Theater Philco: https://amzn.to/38hufKl

6. Poltrona reclinável, K.R. Móveis: https://amzn.to/2Nz93Yi

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!