Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaInstagram Exitoína
Cinema » POLÊMICA

Coringa: Condenado por pedofilia não receberá pagamento por música usada no filme

O cantor e compositor Gary Glitter está preso após condenação por pedofilia

Redação Publicado em 15/10/2019, às 08h48 - Atualizado às 09h18

Joaquin Phoenix em Coringa
Joaquin Phoenix em Coringa - Divulgação/Warner Bros.

Uma das últimas polêmicas sobre Coringa, filme sobre o vilão de Batman estrelado por Joaquin Phoenix, foi o uso de uma música de Gary Glitter, condenado por pedofilia. Após a estreia do longa, a presença da música Rock and Roll Part 2 em uma das cenas do filme levantou questionamentos sobre o possível pagamento de direitos autorais ao autor da música. 

++ Coringa completa duas semanas na liderança da bilheteria dos Estados Unidos

Após os rumores, a gravadora Snapper Music, que detém os direitos da faixa, informou que ele não receberá pagamento pelo uso da música no filme. "Gary Glitter não será pago. Nós não tivemos nenhum contato com ele", informou um representante ao Los Angeles Times.

O cantor e compositor cumpre sua sentença 16 anos de prisão por abusar de três garotas menores de idade.