Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Cinema » Que babado!

Robert De Niro processa ex-funcionária por assistir a Friends no trabalho

Ela era vice-presidente de produções e finanças na produtora do ator

Redação Publicado em 21/08/2019, às 12h41

None
Robert De Niro processa funcionária que desviava dinheiro de sua empresa. Crédito: Reprodução/Instagram

O ator Robert De Niro entrou com uma ação no valor de 6 milhões de dólares, aproximadamente 24,3 milhões de reais, contra uma ex-funcionária.

O motivo do processo é porque a moça teria assistido séries na Netflix, inclusive Friends, durante o horário de trabalho... E também ter desviado uma boa quantia de dinheiro para uso pessoal em aplicativos, comprar flores e até mesmo fazer viagens.

De acordo com a revista People, Chase Robinson foi contratada em 2008 como assistente pessoal do veterano do cinema na produtora 'Canal Productions' e, mais tarde, promovida ao posto de vice-presidente de produções e finanças.

Nessa altura, ela recebia um salário anual de 300 mil dólares. Nas atribuições do cargo, ela era responsável em garantir que nenhum outro funcionário do Canal usasse a empresa para vantagem ou despesas pessoais. Chase, ironicamente, foi flagrada no mesmo desvio de conduta.

Segundo os documentos do processo, a funcionária teria acumulado gastos enormes para itens de ordem pessoal no cartão corporativo.

Os documentos também apontam que Chase raramente aparecia no escritório, e quando o fazia, se dedicava em maratonas no serviço de streaming. Em janeiro, ela assistiu cerca de 55 episódios de Friends durante seu horário de trabalho.

Por isso, a empresa De Niro exige um total de 6 milhões de dólares de indenização.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!