Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Famosos » JULGAMENTO

Kim Kardashian conta que se emocionou com a notícia do adiamento da execução de Rodney Reed, condenado por assassinato

A socialite faz parte do movimento que defende a inocência de Rodney Reed, condenado em 1996 por estupro e assassinato de uma jovem de 19 anos

Redação Publicado em 17/11/2019, às 14h18 - Atualizado às 15h17

Kim Kardashian defende a inocência de Rodney Reed
Kim Kardashian defende a inocência de Rodney Reed - Reorodução/Youtube

Kim Kardashian estava presente no momento em que o americano Rodney Reed, condenado por estupro e assassinato em 1996, recebeu a notícia de que sua pena de execução seria adiada por 120 dias. 

No chamado "corredor da morte" desde 1998, sua execução havia sido marcada para a próxima quarta-feira (20), mas a defesa de Rodney recorreu na corte do Texas e conseguiu o adiamento da execução. Desde sua condenação, ele alega ser inocente e existe um movimento que apoia que ele seja inocentado.

+ Leia mais: Kim Kardashian mostra segredos de seu celular para Jimmy Fallon

Entre seus apoiadores está Kim Kardashian, que revelou que estava presente no momento em que a notícia chegou. "Foi emocionante, eu estava completamente comovida", contou em entrevista para Jenna Bush Hager. "Ele disse 'Glórias a Jesus'".

Kim Kardashian é engajada na causa de reformas no sistema prisional americano. No aniversário da socialite, ela foi presenteada com uma doação de 1 milhão de dólares para ONGs que trabalham para auxiliar vítimas de condenações injustas, presente de seu marido, Kanye West.

 

 

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!