Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaInstagram Exitoína
Cinema » Entenda

Afinal, Harry Styles foi confirmado ou recusou o papel Príncipe Eric em A Pequena Sereia?

Sites afirmam ainda que o ator recusou o papel; entenda

Redação Publicado em 13/08/2019, às 18h04 - Atualizado em 14/08/2019, às 10h04

None
Harry Styles poderá ser confirmado como Eric em A Pequena Sereia (Reprodução/Instagram/Disney)

Harry Styles voltou ao ser um dos assuntos mais comentados do mundo do entretenimento na tarde desta terça-feira (13). O site internacional The DisInsider afirmou que Harry Styles finalmente foi escalado como o Príncipe Eric no live-action de A Pequena Sereia

Mas a informação vem sendo alvo de controvérsias. Afinal, Styles foi realmente confirmado para dar vida ao par romântico de Ariel? Por enquanto, nem a Disney nem o próprio cantor e ator confirmaram a notícia. 

Outra fonte de informação checada foi o twitter da rede de cinemas norte-americana AMC, que havia comemorado na rede social a escalação de Harry mas logo apagou o tweet. 

Desmentindo os novos boatos de hoje, um funcionário da CBS Interactive e ex-relações públicas da Marvel Jim Viscardi escreveu no Twitter que ''a caça pelo Príncipe Eric ainda continua". 

RECUSOU? 

Mais tarde, foi a vez da Variety dizer, em reportagem, que Styles foi, de fato, convidado para o papel, mas "respeitosamente" recusou. O motivo não foi explicado. 

De acordo com a publicação, a Disney já está no processo final de busca de um intérprete para o personagem e um anúncio oficial deve ser feito em breve. Ou seja, o jeito é esperar. 

Para além dos rumores, as únicas confirmações concretas sobre o filme residem na equipe e no papel da protagonista. Halle Bailey foi confirmada como Ariel no live-action, que será dirigido por Rob Marshall e terá composições por Alan Menkel. 

++ Fãs de BTS pedem que Jimin seja o príncipe Eric na live-action de 'A Pequena Sereia'

O longa ainda não tem data de estreia nem outros membros do elenco confirmados.

A versão original da animação estreou em 1989.