Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Cinema » Cinema Nacional

A Vida Invisível pode concorrer em outra categoria do Oscar

Produção nacional tem chances de ser indicada Melhor Fotografia

Redação Publicado em 26/09/2019, às 11h50

Julia Stockler, protagonista de A Vida Invisível
Julia Stockler, protagonista de A Vida Invisível - Reprodução/Instagram

A Vida Invisível, filme escolhido pelo Brasil para tentar uma indicação de melhor filme internacional no Oscar 2020, pode conseguir entrar para a maior premiação do cinema em outra categoria: Melhor Fotografia.

Durante uma entrevista para o podcast Cinema Varanda, o produtor Rodrigo Teixeira, que trabalhou no recente Ad Astra, revelou que a equipe acredita que o projeto brasileiro tem chances de se destacar fora da premiação principal, especialmente por Hélène Louvart, a diretora de fotografia.

++Amazon compra direitos de filme brasileiro de Karim Aïnouz que pode concorrer ao Oscar

"Ela acabou de ganhar um prêmio essa semana que é o Oscar dos fotógrafos. Acho que tem uma chance muito grande. A Amazon quer comprar essa briga e para isso teríamos que antecipar um pouco a estreia do filme nos Estados Unidos, porque senão estaríamos concorrendo apenas como filme estrangeiro", afirmou Rodrigo.

A ideia é trazer o lançamento de A Vida Invisível de janeiro para dezembro no mercado norte-americano. 

Estrelado por Julia Stockler e Carol, A Vida Invisível chega ao circuito comercial brasileiro em 31 de outubro. O longa conta com a participação de Fernanda Montenegro e é dirigido pelo cineasta cearense Karim Aïnouz.

Uma lista preliminar de indicados a melhor filme internacional será divulgada pela Academia de Hollywood até o fim deste ano.

A relação final com os cinco indicados será conhecida apenas no dia 13 de janeiro e a premiação oficial do Oscar será dia 9 de fevereiro, em Los Angeles.

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!