Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
News » MORTE

Prefeito de Seul, capital da Coreira do Sul, é encontrado morto um dia após ser acusado de agressão sexual

Ele foi localizado pela polícia após o desaparecimento ser comunicado pela filha

Redação Publicado em 09/07/2020, às 17h10

Park Won-sun em Seul, em 4 junho de 2014
Park Won-sun em Seul, em 4 junho de 2014 - Chung Sung-Jun/Getty Images

O prefeito de Seul, capital da Coreia do Sul, foi encontrado morto nesta quinta-feira (09) aos 64 anos. De acordo com o UOL, a morte de Park Won-soon foi confirmada pelo policial Choi Ik-su para a agência de notícia Yonhap. 

O corpo do governante do Partido Democrático foi localizado por cães de resgate perto de um restaurante no Monte Bugak, no norte da cidade, onde o sinal de seu celular foi detectado pela última vez.

O policial ainda informou que uma ex-secretária denunciou Park na última quarta-feira (10) por supostos atos de agressão sexual, que teria acontecido desde 2017. Mas não há detalhes sobre a causa da morte do governante e nem se a acusação tem a ver com o ocorrido, apenas foi informado que não há sinais de crime no corpo do falecido.

A filha de Park Won-soon comunicou as autoridades sobre seu desaparecimento ainda nesta quinta-feira ao dizer que ele fez comentários "como se estivesse entregando um testamento" antes de sair pela última vez, além de afirmar que o celular dele estava desligado.

+ Leia Mais: Yohan, membro do grupo de k-pop TST, é encontrado morto aos 28 anos

Lembrando que Park Won-soon era conhecido pelo seu ativismo pelo direitos das mulheres e chegou a apoiar campanha "Me Too", que justamente fortalece denúncias de mulheres contra homens que cometem assédios e agressões sexuais ao redor do mundo.

 

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!