Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Cinema » Polêmica

Ancine volta atrás e retira apoio a filmes LGBT após ação de Bolsonaro

A agência havia liberado um termo de permissão para patrocinar dois filmes sobre negritude e homossexualidade

Redação Publicado em 16/09/2019, às 11h11

None
Cena do filme Greta, com Marco Nanini. Crédito: Reprodução/YouTube

Três semanas após a Ancine aprovar uma concessão de apoio financeiro para que dois filmes nacionais, que abordam a temática LGBT, participassem do Festival Internacional de Cinema Queer, a agência mudou de ideia e rescindiu o termo de permissão.

++Estreia de Marighella no Brasil é cancelada por não seguir padrões exigidos pela Ancine

Os produtores de Greta e Negrum3 iriam receber uma ajuda de cusco de R$ 4,6 mil para cada um participar do evento, que acontece a partir de sexta-feira (20), em Lisboa, Portugal. As informações são do jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

A temática de ambas as produções abordam a negritude e homossexualidade, temas que  Jair Bolsonaro já manifestou não gostar de ver nas telas do cinema.

++Edital para séries LGBT da Ancine é suspenso após críticas de Bolsonaro

Negrum3 propõe um mergulho na caminhada de jovens negros da cidade de São Paulo. Um filme‐ensaio sobre negritude, viadagem e aspirações espaciais dos filhos da diáspora.

“Greta”, estrelado por um dos maiores atores do Brasil, Marco Nanini, foi selecionado para o Festival de Berlim deste ano. No filme, Nanini interpreta um enfermeiro homossexual que é fã ardoroso de Greta Garbo.

 

Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!