Exitoína
Facebook ExitoínaTwitter ExitoínaYoutube ExitoínaInstagram ExitoínaTelegram Exitoína
Música » HISTÓRIA

Grammy 2020: Dos esnobados aos aclamados, relembre 12 fatos históricos da premiação

Beyoncé é a cantora com mais indicações do Grammy e até Barack Obama possui dois gramofones dourados

Redação Publicado em 25/01/2020, às 09h00

Barack Obama já recebeu dois Grammy's enquanto Beyoncé e Michael Jackson são recordistas em nomeações e prêmios
Barack Obama já recebeu dois Grammy's enquanto Beyoncé e Michael Jackson são recordistas em nomeações e prêmios - YouTube

A 62ª cerimônia do Grammy Awards será realizada no domingo, 26 de janeiro, e homenageará os maiores destaques da indústria musical. Por mais um ano consecutivo, as maiores estrelas do momento na música sobem aos palcos do evento para performarem e receberem o prêmio na noite oficial. 

Em 2020, Billie Eilish, Lizzo, Lil Nas X e outras novidades foram recordistas de indicações, apontando novos caminhos a serem seguidos pela premiação mais importante da indústria musical. 

+Leia mais: Guia: quando e onde assistir ao Oscar, Grammy e às principais premiações de 2020

Assim, em mais de 61 edições do Grammy, o evento coleciona momentos e fatos históricos que certamente entrarão para a trajetória da música mundial. Desde Beyoncé como a artista com mais indicações na história do evento até a recusa do gramofone de Sinead O'Connor em 1991, confira abaixo alguns destaques e curiosidades da premiação musical mais famosa do mundo: 

Artista com mais indicações

Em toda a história da premiação, Beyoncé foi a artista que mais recebeu indicações ao gramafone dourado. Ao todo, ela já recebeu 70 nomeações às categorias do prêmio, incluindo as indicações deste ano. 

Para a premiação de 2020, a diva pop recebeu quatro indicações, que incluem as categorias de Melhor Performance Pop Solo, por Spirit ; Melhor Álbum Pop Vocal, por The Gift ; Melhor Canção Escrita para Mídia Visual, por Spirit  e Melhor Filme Musical, por Homecoming. 

+Leia mais: Beyoncé está com Kendrick Lamar, Jay-Z, Pharrel e mais artistas convidados no álbum baseado em 'O Rei Leão'

Personalidade que mais ganhou o prêmio

O recordista em levar o famoso gramofone dourado para casa não é nenhuma diva pop ou nome conhecido do público em geral. Na verdade, o artista mais premiado da história do Grammy é Sir Georg Solti, maestro húngara-britânico no mundo da ópera que coleciona ao todo 31 prêmios e 74 indicações. 

Em seguida, Stevie Wonder aparece como a segundo personalidade que mais levou o prêmio para casa: ao longo de sua carreira, foram 25 já recebidos. 

Artista que mais levou o Grammy em uma única noite

No auge de sua carreira, ningúem conseguia bater Michael Jackson. Em 1984, o cantor norte-americano foi o grande vencedor da cerimônia e levou para casa nada mais nada menos do que oito prêmios Grammy pelo seu álbum Thriller

Na ocasião, ele acabou conquistando os principais prêmios da noite, como Álbum do Ano e Gravação do Ano.

+Leia mais: Michael Jackson vai ganhar filme biográfico do mesmo produtor de Bohemian Rhapsody

Artista mais jovem a ganhar o prêmio

Até os dias de hoje, a cantora country LeAnn Rimes é a artista mais jovem a ganhar um Grammy. Em 1997, quando ela tinha apenas 14 anos, LeAann foi premiada por Melhor Artista Revelação e por Melhor Performance Vocal Feminina de Country. 

Em 1996, ela fez sua estreia no mundo musical com o álbum Blue, que chegou a ficar no topo da parada musical de álbuns country da Billboard e em terceiro lugar na Billboard 200. 

Artista mais velho a levar o prêmio

Se LeAnn Rimes levou o Grammy e se consagrou como a mais jovem artista a receber uma estatueta, no outro extremo tem-se o pianista americano Pinetop Perkins como o artista mais velho a levar o prêmio.

Aos 97 anos, ele foi premiado com o prêmio de Melhor Álbum de Blues Tradicional meses antes de sua morte, que ocorreu em 21 de março de 2011. 

Discos mais premiados

Capas dos álbuns do Santana e do U2 (Divulgação)

 

O disco Supernatural, banda americana do cantor e compositor Carlos Santana, foi sucesso de crítica e público quando lançado em 1999. No Grammy, o disco foi coroado com nove estatuetas. 

Quem empatou com Santana foi a banda U2, que também recebeu nove Grammy's pelo álbum How to dismantle an atomic bomb, do U2, lançado em 2004. 

Única a recusar o prêmio

Durante os anos 1990, a cantora Sinéad O'Connor estourou mundo afora com suas letras melancólicas, principalmente com Nothing Compares 2 You. Em 1991, a irlandesa foi agraciada com o Grammy na categoria de Melhor Álbum de Música Alternativa, mas acabou recusando a honraria. 

Na 33ª edição da premiação, em 1991, a artista foi indicada a quatro categorias, incluindo Melhor Videoclipe e Gravação do Ano, pelo seu álbum I Do Not Want What I Haven't Got, que continha o hit Nothing Compares 2 U. Ela não compareceu à premiação e, em nota, disse que sentia que o Grammy promovia ''valores falsos e materialistas da indústria musical''. 

+Leia mais: Rihanna revela que recusou proposta do Super Bowl e detalhes do novo álbum

Tiveram de devolver o prêmio por farsa

Na história do Grammy, os únicos a terem de devolver o Grammy foram os integrantes da dupla alemã Milli Vanilli. Pertencentes aos gêneros reggae e dance music, eles estavam no auge da carreira no início da década de 1990, sendo que a canção Girl You Know It’s True não parava de tocar nas rádios. 

A dupla então foi premiada com o prêmio em 1990 na categoria de Melhor Artista Estreante, mas teve de devolver o Grammy quatro dias após por conta de todo o escândalo na mídia americana. O que se soube foi que o empresário da dupla, Frank Farian, contratava cantores de verdade e a dupla apenas dublava as vozes. Sem deixar isso claro, o ato foi visto como fraude e farsa, revoltando a mídia e os fãs. 

Rei do rock ou do gospel? 

Elvis Presley conquistou o mundo todo com suas músicas cativantes e que tinham ritmos derivados do rock. Tido como o Rei do rock, o cantor, porém, levou para casa apenas três prêmios Grammy em vida.

Mas o que chama atenção é que o artista foi honrado com os três prêmios na categoria de música gospel, batizada de Melhor Performance Inspirativa. O prêmio nesta categoria foi concedido entre 1962 e 1986, e durante esse tempo chegou a mudar de nome algumas vezes, como Melhor Evangelho ou Outra Gravação Religiosa e  Melhor Performance Sagrada. 

Esnobados em vida

Por mais que façam muito sucesso em vida, alguns artistas não acabaram sendo agraciados com o prêmio. Bob Marley, tido como o rei do reggae, nunca recebeu um Grammy.

Além de Bob Marley, a banda Queen também nunca havia ganho o principal prêmio da música. Em 2018, a banda foi homenageada na 60ª edição do prêmio com o Prêmio Grammy de Contribuição em Vida. 

Outro caso curiosos é o de Snoop Dogg: o artista já foi indicada 16 vezes na premiação, mas até hoje nunca levou uma única estatueta para casa, fazendo dele uma dos recordistas em ter mais indicações mas sair de mãos abanando da cerimônia. 

+Leia mais: Snoop Dogg lança cover para a trilha sonora de Peaky Blinders

Brasileiros no Grammy

Sim, os brasileiros também estão presentes na história da premiação mais importante da indústria musical. Em 1959, o violinista e compositor brasileiro Laurindo Almeida recebeu um Grammy na categoria de Melhor Engenharia de Álbum Clássico. 

Astrud Gilberto, cantora da bossa nova, ganhou o Grammy de Gravação do Ano em 1965 por Garota de Ipanema e João Gilberto levou o prêmio de Álbum do Ano na mesma ocasião. Sérgio Mendes, Milton Nascimento, Antônio Carlos Jobim, Caetano Veloso, Gilberto Gil e, mais recentemente, Eliane Elias, também foram brasileiros honrados com o prestigiado prêmio. 

+Leia mais: Conheça 10 atores de origem brasileira que brilham em séries estrangeiras

Barack Obama no Grammy? Temos sim

Barack Obama em entrevista ao programa Real Time with Bill Maher, da HBO, em 2016 (YouTube) 

 

O ex-presidente dos Estados Unidos possui não somente um, mas dois prêmios Grammy. Em 2005, ele ganhou a estatueta na categoria de Melhor Álbum falado por Dreams From My Father, na época em que ele ainda era Senador. 

+Leia mais: Michelle Obama parabeniza Beyoncé pelo filme 'Homecoming', da Netflix

Dois anos depois, em 2007, ele recebeu mais um prêmio na mesma categoria pelo álbum The Audacity Of Hope: Thoughts On Reclaiming The American Dream, um ano antes de ser eleito como o presidente dos EUA. 


+ Não é segredo que a música une pessoas. Quer se sentir ainda mais perto da sua banda preferida? Então dá uma olhada nessa lista. Separamos 5 produtos de bandas incríveis para você montar seus looks.

1 - Camiseta Coldplay: Se você ama a música The scientist do Coldplay, essa camiseta vai virar uma das suas queridinhas. - https://amzn.to/37BruEk

2 - Camiseta Arctic Monkeys: Fã do Arctic Monkeys? Então dá uma olhada nessa camiseta da banda! Ah, e ela vem em 3 cores para você escolher a que tem mais a sua cara! - https://amzn.to/2se5XRH

3 - Camiseta infantil The Doors: Achou que seu bebê ia ficar de fora? Claro que não! Com essa camiseta do The Doors, os papais fãs da banda podem compartilhar um pouquinho da sua paixão com os pequenos. https://amzn.to/33ivgij

4 - Camiseta Queen: Se o hit We Will Rock You está toda hora na sua cabeça (e na sua playlist), esse produto é para você! - https://amzn.to/2ro8msN

5 - Body Beatles: Atenção, papais amantes de The Beatles! Esse body com estampa de um dos hits mais famosos da banda vai deixar seu bebê suuper estiloso. - https://amzn.to/33ium5p

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a revista Exitoína pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.


Exitoína agora está no Telegram! Você quer ficar por dentro de todas as novidades? Acesse https://t.me/exitoinabrasil e não perca mais nada!